10 Alimentos que você acha que está comendo – mas não está!

Com uma dieta baseada – em grande parte – nos alimentos industrializados, nem sempre o que compramos no supermercado e acreditamos que estamos consumindo corresponde a real composição do produto.

1 – Cafezinho nosso de cada dia

De acordo com Larry Olmsted, autor de Real Food/Fake Food: Why You Don’t Know What You’re Eating, que trata sobre as coisas que consumimos sem saber, no café é possível encontrar milho torrado e ramos no café que já compramos moído. O ideal, para obter um café moído mais puro, é comprá-lo em grão e moer em sua casa/escritório. Existem diversos moedores elétricos e até cafeteiras que moem o grão na hora de preparar o cafezinho!

coisas-voce-come-nao-sabe-3

2 – Você come silicone, sabia?!

Os nuggets de frango não são feitos totalmente de carne processada. Eles contam com 50% de carne e o restante de ingredientes sintéticos, como o dimetilpolisiloxane, que é um produto químico usado em silicone, incluindo aquele usado em implantes de mama.

coisas-voce-come-nao-sabe-8

3 – Você acha que está comendo Wasabi de verdade?

O wasabi, tempero muito utilizado na culinária japonesa, é extraído da planta wasabia japoniza em algumas penínsulas do Japão. Porém, a produção da Wasabia japoniza é muito difícil em escala comercial, dadas as características climáticas em que esta planta se desenvolve. Assim, a maioria do Wasabi que consumimos nada mais é que uma mistura de pastas de mostardas, molhos de raízes fortes e corante verde.

coisas-voce-come-nao-sabe-4

4 – Biodisel aditivado

Encontrado na embalagem dos alimentos descrito como butil hidroquinona terciário (TBHQ), é um aditivo que pode ser encontrado em nuggets e biscoitos de queijo e, se usado exageradamente, pode ser super tóxico. Para você ter uma ideia do perigo, um grama do produto seria suficiente para causar a morte de uma pessoa.

coisas-voce-come-nao-sabe-5

5 – Tem uma mosca na sua sopa? Não, na verdade tem areia!

Nas embalagens de produtos como sopa e sal, encontramos o ingrediente dióxido de silíco, que nada mais é do que uma substância extraída da areia e usada para controlar a umidade e impedir que a sopa em pó ou o sal fiquem empedrados.

coisas-voce-come-nao-sabe-6

6 – Combustível de avião

Aquele cereal matinal crocante que muita gente come pelas manhãs contém BHT, conhecido também como butil-hidroxitolueno. Essa substância também é usada no combustível do avião, e na comida tem efeito antioxidante e deixa os alimentos fresquinhos por mais tempo.

coisas-voce-come-nao-sabe-7

7 – Secreções anais de castores

Encontrado nas embalagens descrito como Castoreum ou Castóreo, é um aditivo alimentar muito comum em coisas que contém sabor de baunilha e também pode ser extraído de glândulas próximas ao ânus desse animal. Isso porque a dieta do castor, baseada em folhas e cascas, faz com que as secreções tenham um aroma agradável que remete ao de baunilha. O Castóreo muitas vezes vem disfarçado na embalagem como “aroma natural”.

coisas-voce-come-nao-sabe-1

8 – Cabelos humanos e penas de pato

Não, não estamos falando de um fiozinho de cabelo que acidentalmente caiu no produto durante o processo de fabricação. Para não dar enjoo nos consumidores, a substância vem descrita nas embalagens como Cisteína e é usada para garantir mais sabor a alguns alimentos, como pães e bolos que compramos das grandes fábricas.

coisas-voce-come-nao-sabe-2

9 – Cerveja

As cervejas brasileiras contém 45% de milho ao invés de cevada – e isso com o aval da legislação brasileira. Isso acontece porque o milho chega a ser 30% mais barato que a cevada. Tradicionalmente, a bebida é feita de água, malte e lúpulo. Se na embalagem da sua cerveja você encontra o misterioso ingrediente “cereais não maltados”, saiba que sua cerveja é feita com milho.

coisas-voce-come-nao-sabe-9

10 – Azeite de oliva óleo

Considerado mais saudável que o óleo de soja, a maioria dos azeites não passam de uma mistura de óleos refinados.

coisas-voce-come-nao-sabe-10

Vimos em tudointeressante

Falando sobre isso

Leave a Reply