11 mandamentos da chapinha: o que passar no cabelo antes para ter liso perfeito e mais

Se passar chapinha nos cabelos faz parte da sua rotina diária e você poderia fazer isso até de olhos fechados, de tanta facilidade que tem para manejar o equipamento, um alerta: seu jeito de passar a prancha pelos cabelos pode acabar com sua produção a longo prazo, caso você não aplique um produto específico nos fios antes de todo o processo.

Cuidados com a chapinha

Parte do ritual de beleza de muitas mulheres, a chapinha é uma aliada para modelar e alisar os fios. Usada de maneira incorreta, entretanto, a prancha pode ressecar demais os fios e, em alguns casos, até quebra-los. Quem não lembra de um vídeo em que a menina perde parte do cabelo por deixar o BaByliss (que tem o mesmo efeito de ‘esquentar o fio’) por muito tempo?

Este é só um dos erros que detonam seu cabelo se você passar a prancha sem qualquer preparo anterior do fio.

Protetor térmico: para que serve?

Um dos passos mais importantes no momento “pré-chapinha” é passar um protetor térmico.

Este produto blinda o cabelo do calor excessivo da chapinha, do secador e também do babyliss e mantém a hidratação natural.

“Ele protege as camadas do fio, ajuda a prancha a deslizar melhor e evita que o cabelo fique com aspecto ressecado”, explicou o hairstylist das celebridades Edson Freitas, diretor da rede Edson Freitas Hautée Coiffeur.

11 dicas para a chapinha perfeita

O uso do protetor térmico, no entanto, é apenas um dos muitos cuidados que devemos ter com os fios ao usar prancha modeladora. A blogueira Júlia Doorman, do Cabelos de Rainha,  publicou em seu canal do Youtube 11 dicas para fazer a chapinha perfeita.

Listamos cada uma e qual é a importância de você se atentar a esses cuidados:

  1. Temperatura: prefira os aparelhos em que a temperatura tenha regulagem e não deixe que passe de 180 graus, para cabelos finos. Em cabelos grossos, a blogueira sugere que esteja até 230 graus
  2. Faça com o cabelo limpo: este cuidado é para que a chapinha dure mais tempo, segundo Júlia.
  3. Use protetor térmico: se secar com o secador antes, use o produto antes dessa etapa. Com o cabelo seco, passe um sérum ou leave-in com proteção térmica.
  4. Não use a chapinha em excesso: a recomendação da blogueira é que seja usada uma vez por semana, para não ressecar demais os fios.
  5. Não pare a chapinha em uma mecha: passe a chapinha devagar por todo o cabelo e não passe muitas vezes pela mesma mecha.
  6. Separe mechas pequenas: a chapinha, neste caso, serve somente para finalizar seu penteado e alinhar os fios. Pegue pouco cabelo e faça devagar.
  7. Não passe a mão no cabelo durante o processo: isso pode deixar o cabelo oleoso e acabar com o aspecto iluminado e brilhoso que você queria. Use um pente para arrumar as mechas.
  8. Não faça com o cabelo úmido: o cabelo pode até “fritar” e danificar rapidamente. Seque bem com o secador ou naturalmente antes de passar a prancha. Lembrete: Apesar de alguns aparelhos apresentarem a certificação de que podem ser utilizados em fios molhados, esse aviso indica apenas que o produto não será danificado pelo contato com a água – não diz respeito à saúde do fio.
  9. Hidratação nunca é demais: cuide dos fios e use bons produtos para manter o cabelo hidratado. O resultado da chapinha ficará mais bonito e natural.
  10. Use reparador de pontas depois da chapinha: o cabelo ficará com mais brilho, além de o produto evitar o frizz e o surgimento de pontas duplas.
  11. Vire as pontas: para finalizar o penteado, dê uma virada com a chapinha nas pontas. Assim, a modelagem não ficará reta e “esturricada”.

Veja o vídeo com todas as dicas abaixo:

Vimos em Bolsa de Mulher

Falando sobre isso

Leave a Reply