12 Imagens Que Mostram Que O Nordeste É A Região Mais Bonita Do Brasil

Que o Brasil é lindo, não se discute! São tantos lugares incríveis, que fica difícil apontar qual o mais bonito. Mas numa coisa devemos concordar: o Nordeste sai na frente. A região é privilegiada em matéria de belezas naturais. E a maior parte de seus cenários paradisíacos são proporcionados pelos quase 3 mil quilômetros de litoral.

As protagonistas são elas: as belíssimas praias de águas mornas e cristalinas, emolduradas por coqueirais, dunas, sol brilhante quase o ano todo e um infinito céu azul. Mas o turismo no Nordeste não se resume  a mar e areia. Há incríveis destinos no interior nordestino. Junte-se a isto um povo caloroso, uma cultura vibrante e uma culinária de dar água na boca!

Ao todo, registram-se até centenas de pontos com potencial turístico. Milhões de turistas, brasileiros e estrangeiros, movimentam o setor turístico do Nordeste todos os anos. Seja em busca de um refúgio para descansar, de aventuras em meio à natureza exuberante ou mesmo baladas e luais à beira-mar.

Deu vontade de viajar? Então, embarque com gente nesta viagem repleta de belas imagens, que mostram porque o Nordeste é a região mais bonita do Brasil!

1 – Fernando de Noronha – Pernambuco

Destino obrigatório para quem quer conhecer um verdadeiro santuário natural, onde estão localizadas as praias mais bonitas do Brasil. Entre elas,  a da Baía dos Porcos, com belíssimo mirante para o Morro dos Dois Irmãos ao fundo. O arquipélago está localizado a 545 km de Recife, no litoral de Pernambuco. O arquipélago também é considerados um dos melhores pontos de mergulho para contemplar a fauna marinha. Em Fernando de Noronha só se chega de avião, pois a distância do continente torna o transporte de barco inviável.  Os turistas pagam uma taxa de preservação ambiental, que varia de acordo com o tempo de permanência.

fernando de noronha

2- Lençóis Maranhenses –  Maranhão

Um deserto de areia finíssima cortado por centenas de lagoas de água doce e cristalina. É possível isso? Pois esse é o cenário cinematográfico que o turista encontra ao conhecer o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. São 155 mil hectares de paisagem deslumbrante, cheio de altas dunas com até 40 metros de altura e lagoas de água doce, formadas pela água das chuvas, cujos tons variam entre verde e azul turquesa. O local tem acesso restrito e com a ajuda de veículos 4×4. Há várias opções de trilhas e passeios de “voadeira” pelo Rio Preguiça, que banha a cidade de Barreirinhas, principal cidade de acesso aos Lençóis Maranhenses.

lencois

3 – Morro de São Paulo – Bahia

Paz para os mais tranquilos e agito para os baladeiros. Assim é a “vibe” no  Morro de São Paulo, localizado na Ilha de Tinharé, município de Cairu, Estado da Bahia. A região conhecida como Costa do Dendê possui suas raízes históricas no Brasil Colônia.  Alguns traços deste passado não se perderam com o tempo, pois em Morro de São Paulo não circulam carros e todo o transporte é feito através de carros de mão. As principais praias estão localizadas ao sul e têm o nome de: Primeira Praia, Segunda Praia, Terceira Praia, Quarta Praia e Quinta Praia que também é conhecida como Praia do Encanto. Todas elas com águas mornas e transparentes.

morro

4 – Maragogi – Alagoas

O mar de azul turquesa faz com que as praias de Maragogi, no litoral alagoano, sejam consideradas o “Caribe brasileiro”. Fincada no coração da Costa dos Corais, a vila chama a atenção pelas Galés, as enormes piscinas naturais a seis quilômetros da costa, repletas de peixes e acessíveis por catamarãs e lanchas que partem da praia central. O acesso é controlado e o limite é de 720 pesoas por dia. Em compensação, outras piscinas também estão abertas ao público, como Taocas, Barra Grande e Barreira de Peroba – elas são menores, mas estão mais preservadas que a Galés.

maragogi

5 – Canoa Quebrada – Ceará

Com visual exótico, as jangadas rústicas cruzam o mar esverdeado, enquanto as formações multicoloridas espalham-se por todas as direções. Estamos falando de uma das praias mais procuradas pelos turistas que visitam o litoral cearense: Canoa Quebrada.O local era uma pacata aldeia de pescadores até os anos 70, quando foi descoberta pelos hippies e transformada em reduto “paz e amor”. Hoje, o progresso tomou conta, mas a vila mantém seu clima alternativo-esotérico. Na praia, aprecia-se o dégradé das falésias, com nuances que vão do branco à terracota, sem contar as marmorizadas. O colorido do lugar fica completo com o “bugres” que passeiam pelas dunas e pelos praticantes de parapente.

canoaquebrada

6 – Praia de Pipa – Rio Grande do Norte

Descoberta por surfistas nos anos 70, esse pedacinho do paraíso também era um pequeno vilarejo de pescadores. Com a chegada dos turistas, tornou-se internacionalmente conhecida pelo nome de Pipa, onde muitos deles vieram a passeio e decidiram ficar para sempre. Suas praias são cercadas por falésias e mata atlântica, onde é comum observar golfinhos, iguanas e micos interagindo com os turistas, proporcionando experiências inesquecíveis em meio a um cenário paradisíaco.

PONTA-MADEIRO_PIPA

7 – Praia do Forte – Bahia

Os coqueirais são um cenário digno de novela! E o belíssimo mar da Praia do Forte é um berço esplêndido para a fauna marinha. Desde a década de 80, a Praia do Forte abriga a principal base do Projeto Tamar – responsável por estudar e proteger as tartarugas marinhas.  Entre os meses de dezembro e fevereiro, os visitantes pode participar da soltura das tartaruguinhas recém-nascidas no mar. Já entre os meses de julho e outubro, as atrações são as baleias jubarte, que lá chegam para procriar e amamentar os filhotes.

praia do forte 9

8 – Delta do Parnaíba – Piauí

O encontro das águas do rio Parnaíba com o Oceano Atlântico, entre os estados do Piauí e Maranhão, proporciona uma das mais belas paisagens não só do Brasil, como do mundo. Sua configuração se assemelha a uma mão aberta, onde os dedos representam: Barra de Tutoia, Barra do Caju, Barra do Igaraçu, Barra das Canárias e Barra da Melancieira.O Delta abre-se em cinco braços, envolvendo 73 ilhas fluviais, sua paisagem exuberante, cheia de dunas, mangues e ilhas fluviais, garante o cenário paradisíaco dessa região do Maranhão e Piauí. É um raro fenômeno da natureza que ocorre também no Rio Nilo, na África, e em Me Kong, no Vietnã.

pi10

9 – Jericoacoara – Ceará

“Jeri”, para os íntimos, é mais uma preciosidade do litoral do Ceará, situada a 300 km da capital Fortaleza. Foi descoberta pelos turistas apenas na década de 80. Até então era uma modesta vila de pescadores, mas Jeri conserva seu lado rústico, sendo este uma das características mais marcantes. As atrações mais famosas são a Pedra Furada e a Duna do Pôr do Sol, onde é possível apreciar o espetáculo sem igual do sol se despedindo junto ao mar.

jericoacoara2_grande

10 – Porto de Galinhas – Pernambuco

As piscinas naturais formadas entre corais proporcionam um cenário estonteante. Foi eleita pelas revistas especializadas como a “Melhor Praia do Brasil” por 10 vezes consecutivas. Antigamente, Porto de Galinhas era chamada Porto Rico, devido à extração de Pau Brasil. Quando os escravos chegavam para serem vendidos, contrabandeados, vinham escondidos embaixo de engradados de galinhas d’angola. A chegada dos escravos na beira mar era anunciada pela senha “Tem galinha nova no Porto!”. Por causa disso, Porto Rico ficou conhecida como Porto das “galinhas”.

Porto-de-Galinhas-Crédito-Vinícius-Lubambo

11 – Serra da Capivara –  Piauí

O principal atrativo do Parque Nacional Serra da Capivara são as paisagens e os sítios arqueológicos com pinturas rupestres e grafismos sobre os paredões areníticos. Pelo seu valor histórico e cultural, foi declarado pela Organização das Nações Unidas pela Educação, Ciência e Cultura (Unesco), em 1991, Patrimônio Cultural da Humanidade. A região abriga 173 sítios arqueológicos abertos à visitação. Para quem gosta da natureza, o parque protege uma parte da vegetação da caatinga onde se pode observar suas diversas variações, desde a caatinga baixa e densa até a caatinga alta. A paisagem geológica também merece destaque, com presença de formações rochosas e cânions, formando lindas vistas panorâmicas.

SERRA2

12 – Chapada Diamantina – Bahia

No coração da Bahia está um dos mais belos cenários do país, salpicado de cachoeiras, grutas, cânions e vales. Mas para conhecer todos os seus encantos, é preciso caminhar bastante, pois muitos estão longe e são de difícil acesso. Por isso é um local muito procurado por quem gosta de trilhas e aventura. Por todo o percurso surgem recompensas naturais, como platôs, quedas d’água, rios, vales, poços, grutas… não é à toa que a travessia é considerada a mais bonita do Brasil. Entre os cartões postais estão o Morro do Pai Inácio, o Poço Encantado, a Gruta da Pratinha e a Cachoeira da Fumaça, com 340 metros de queda, sendo a segunda maior do Brasil.

 

E aí, qual você gostou mais?

Falando sobre isso

Leave a Reply