20 coisas que quem tem menos de 15 anos NUNCA vai entender

Basicamente, quem nasceu na virada do século perdeu muita coisa boa. E só quem viveu, mesmo que pouco, antes dos anos 2000, sabe do que estamos falando. As “crianças” de hoje não fazem ideia de como era rebobinar um fita k7 com caneta, nem como fazia parte do programa de fim de semana ir na locadora para escolher o filme que a turma ia assistir na casa de algum amigo, e como era desesperador quando a fita enrolava no vídeo cassete.

Não fazem ideia de como era ter que ficar até meia-noite para conectar na internet, porque em outros horários era muito caro, ou usar só nos finais de semana. De como era difícil fazer o download de uma música se quer. De convertê-las e gravar um CD que fosse reconhecido pelos dispositivos.

De como os celulares eram grandes, pesados, tinham baterias “eternas”, os melhores joguinhos, os mais divertidos SMSs cheios de caracteres para formar bichinhos. Das fitas dos vídeo-games, da dor de quando um tamagotchi morria. De passar raiva com o computador porque travava, da saudade do MSN, do mIRC. Nem de como era passar os recreios jogando tazo e batendo figurinhas.

Nunca entenderão a importância de uma brasília amarela para a história da música nacional, e do quanto os programas da TV Cultura influenciaram em quem somos hoje. Enfim, as nostalgias são as mais variadas, em praticamente tudo.

Precisamos, também, lembrar que não temos o intuito de criticar, julgar, muito menos impor verdades absolutas. Nosso objetivo é único e exclusivo de informar e entreter. Por isso, o conteúdo dessa matéria se destina a aqueles que se interessarem e/ou identificarem. Sendo assim, para matar um pouco da saudade e (re)apresentar aos mais jovens, nós aqui da redação da Fatos Desconhecidos selecionamos uma listinha com 20 coisas que quem tem menos de 15 anos NUNCA vai entender. Confira:

1 – Usar telefones de disco.

01

2 – Um celular que não acaba a bateria.

02

3 – No qual você pode compor seu próprio ringtone.

03

4 – Ou que tenha o famoso jogo da cobrinha.

04

5 – Nem faz ideia do que é um tamagotchi.

05

6 – E como era difícil escolher entre qual baralho usar no jogo paciência do Windows 95.

06

7 – Ou precisar limpar os cartuchos dos vídeo-games.

07

8 – Assim como a bolinha do mouse.

08

9 – E ter horário para usar a internet.

09

10 – Nem sentiram um frio na barriga quando a tela toda tremia com alguém chamando sua atenção.

10

11 – Usar uma caneta para rebobinar uma fita K7.

11

12 – Nem demorar horas para escolher a trilha sonora do passeio.

12

13 – O quão trágico era se o aparelho não reconhecia o CD gravado.

13

14 – E na hora do recreio, nunca brincaram de bafo ou tazo.

14

15 – Como era prazeroso chegar da escola e assistir Família Dinossauro.

15

16 – Tentar copiar as experiências do Mundo de Beakman.

16

17 – As melhores coleções da coca-cola.

17

18 – De dançar É o Tchan!, vibrar quando via uma Brasília Amarela, ou rebolar com Ragatanga.

18

19 – Chupar um pirulito Push Pop e ficar o dedo todo melado. Ou transformar o palito do pirulito em um helicóptero.

19

20 – Menos ainda dessas notas.

20

Falando sobre isso

Leave a Reply