5 comidas falsamente saudáveis que nutricionistas evitam

Você pode não saber, mas existe uma grande diferença entre o que você considera saudável e a avaliação de especialistas sobre o mesmo alimento. Para comprovar a teoria, o jornal “The New York Times” publicou recentemente uma pesquisa que faz a comparação entre as comidas falsamente saudáveis que nutricionistas evitam e o que o consumidor leigo pensa sobre elas. Confira o resultado:

Comidas que devemos evitar, segundo esses nutricionistas

Barrinha de granola: normalmente considerada bom para o lanche entre as refeições, ela tem dos nutricionistas um índice de aprovação de apenas 28%, enquanto o mesmo alimento ganhou 71% de aprovação do público.

Óleo de coco: enquanto tem índice de aprovação de 72% por consumidores, o alimento é apenas 37% aprovado por especialistas.

Suco de laranja: apesar de não ser considerada pouco saudável, a bebida tem aprovação de 62% dos especialistas e 78% do público.

Frozen yogurt: uma diferença de 34% na aprovação entre o público e os nutricionistas mostra que existe uma discrepância em relação aos benefícios do alimento.

Queijo processado: o alimento, normalmente encontrado em supermercados em embalagens com um número determinado de fatias, é artificialmente colorido e tem índice de aprovação de 24% de nutricionistas e cerca de 40% do público.

Vimos em vix

Falando sobre isso

Leave a Reply