5 mitos sobre o sexo

Acreditamos que não nos sentimos condicionados em relação ao sexo, mas ainda existem vários mitos sobre a sexualidade que persistem em nossa mente, inconscientemente.

Isso afeta nossas relações, a maneira como percebemos a pessoa com a qual mantemos uma relação amorosa, a realidade dos casais, etc.

O que podemos fazer? O primeiro passo é reconhecer e identificar cada um dos mitos que existem sobre o sexo para, depois, podermos nos desfazer deles. Você ficará espantado com a grande quantidade de crenças equivocadas que ainda consideramos reais.

1. Os homens são mais infiéis

infidelidade_homem_mancha_batom_mulher_surpresa

É verdade que os homens são mais infiéis? Acreditamos que o gênero masculino tem uma libido excessivamente alta, o que os tornaria mais suscetíveis a cometer uma infidelidade.

No entanto, isso é falso. Ainda que acreditemos que nossa natureza é monogâmica, a verdade é que não é assim. Ainda que decidamos estar apenas com um parceiro, pode ser que desejemos ter relações com outras pessoas.

Essa realidade tem dado lugar a relações abertas e com muito mais liberdade, que permitem dar rédea solta a nossos instintos mais naturais.

Há diferenças em relação a homens e mulheres? A verdade é que não. Tudo depende de como vejamos as relações, do próprio conceito que temos de infidelidade e do que consideramos como correto ou não.

2. O pornô é feito para homens

Quantas vezes perguntamos a uma mulher se ela vê pornografia e ela responde que não? Ocorre o mesmo quando perguntamos a ela sobre a masturbação.

Este mito surgiu porque os homens não têm nenhum problema em confirmar que desfrutam do pornô. Por outro lado, elas mantêm isso em segredo.

O pornô é feito tanto para homens quanto para mulheres. Ambos podem desfrutar de um filme pornográfico.

Além do mais, hoje em dia, existem muitas variedades dentre as quais escolher para que você possa assistir ao filme que mais excite você. Algumas até têm uma história, para que a situação não se mostre tão fria e irreal.

3. Os afrodisíacos estimulam seu desejo sexual

casal_comendo_morango_sexo_afrodisiaco

A ciência não encontrou nenhum prova de que algum alimento ou bebida possa estimular o desejo sexual.

O chocolate, os morangos… vários alimentos são considerados afrodisíacos que nos ajudam a aumentar a paixão, a libido, a vontade de sexo.

A realidade é que isso não é assim, é apenas um efeito placebo. Nós acreditamos que aumentam tudo isso, portanto, quando os consumimos, provocam o efeito desejado.

Mas isso não é causado pelo alimento, e sim pela nossa mente.

4. Os homens buscam sexo, as mulheres, amor

Também existem mulheres que buscam apenas o sexo e homens que buscam apenas o amor. As necessidades são diferentes para cada indivíduo. Por isso, não é recomendável generalizar nesse caso.

Sempre se acreditou que os homens buscavam sexo pelo mito anterior de estarem mais predispostos à infidelidade.

Tanto os homens quanto as mulheres têm as mesmas necessidades de manter sexo esporádico, de buscar amor, de ter uma relação baseada apenas em sexo, etc.

Tudo depende das circunstâncias pessoais, das experiências e do que se busca, sem se ver influenciado pelo gênero.

5. Pés grandes, pênis maior

casal_homem_mostrando_penis

Sempre se disse no Brasil que “se você quiser saber se um homem tem aquilo grande, olhe para seus pés”. Esse mito ainda segue vigente hoje em dia.

Que um homem tenha os pés grandes não implica que seu membro também o seja. Além disso, pode ser que você tenha uma surpresa.

O pênis é como os seios das mulheres. Não importa nossa constituição, o tamanho de nossas mãos ou nosso peso. O tamanho não tem nenhuma relação com isso, assim, não se confie!

Você já caiu em algum desses mitos sobre o sexo? Todos já acreditamos neles, mas agora que você os reconhece é o momento de eliminá-los da sua mente!

Os mitos sobre o sexo são apenas isso, mitos, e não somos conscientes do dano que podem causar até que afetam os relacionamentos e nossa maneira de ver os outros.

Se você conhece algum outro mito, pode compartilhar conosco. Assim, deixaremos de nos guiar por crenças que, na realidade, não são verdadeiras.

Este é um site de noticias,curiosidades e tratamentos,ele não substitui um especialista.Consulte sempre seu médico.

Falando sobre isso

Leave a Reply