6 combinações de comidas que você deve evitar: prejudicam a digestão e podem engordar

Uma boa combinação de alimentos no prato vai muito além do paladar. A união adequada de comidas é capaz de otimizar a digestão e absorção alimentar através de uma relação entre velocidade de trânsito e recrutamento das enzimas digestivas no trato gastrointestinal. Além de engordar, uma possível “bagunça” na refeição pode ainda causar fadiga, irritabilidade, dores de cabeça e falta de ar.

O ideal, portanto, é ingerir os alimentos de acordo com seu tempo de trânsito. Confira abaixo uma seleção de combinações elaboradas pelo médico nutrólogo Eduardo Magalhães em seu perfil no Instagram que devem ser evitadas:

Dieta rica em gordura pode comprometer a saúde e exige cuidados

1. Carnes são compatíveis com quase todos os vegetais sem amido, já os grãos, feijões e vegetais com amido, são mais facilmente digeridos quando consumidos sem carnes ou laticínios.

2. Leite e carne em uma mesma refeição pode ser uma combinação complicada para o trato gastrointestinal porque pode causar desaceleração da atividade intestinal e acumular toxinas no cólon.

3. Mais de uma proteína em um mesmo prato, como carne vermelha e frutos do mar, por exemplo, é outra combinação desaconselhada pelo médico.

4. Procure comer frutas entre as refeições e não depois. Procure fazer o intervalo de 30 a 60 minutos antes ou 3 horas após. Frutas não se dão bem com carnes ou comidas pesadas. São melhores harmonizadas com laticínios ou oleaginosas.

5. Se você combina morango com cereais no café da manhã, talvez deva evitar o hábito, já que o especialista não indica a mistura de amido com frutas cítricas.

6. A combinação de alimentos quentes e frios no mesmo prato tampouco é recomendável, especialmente se a pessoa sofre de dor abdominal crônica ou desconforto gástrico.

Vimos emo vix

Falando sobre isso

Leave a Reply