6 curiosidades MUITO estranhas sobre os pelos do seu corpo

Os pelos do corpo podem ser incomodativos para algumas pessoas, enquanto outras tentam se libertar da “ditadura” da depilação. Mas o fato é que existem muitas curiosidades bem bizarras sobre os pelos, e o site norte-americano Your Tango separou alguns desses fatos.

1 / 6
1. Eles regulam a temperatura do corpo. Os pelos do nosso corpo foram feitos para nos proteger, e uma dessas proteções é a regulação da temperatura do corpo, seja no calor, ajudando a conduzir o suor, ou no frio, com o arrepio, para afastar o ar frio da pele.

2 / 6
2. Mais pelo pubiano pode significar maior apetite sexual. Pelos grossos e abundantes na região pubiana são o tormento de muitas mulheres, mas ter essa característica pode significar ter também um maior apetite sexual. Esse tipo de pelo é indicativo, normalmente, de maiores níveis de testosterona e de androgênio, responsáveis também por controlar a libido. Mulheres com esse padrão também podem experienciar menstruação irregular. Pelos pubianos finos, ralos e esparsos podem indicar deficiências hormonais e minerais.
3 / 6
3. Pelos “morrem” jovens. Mesmo que você não consiga ou não queira se depilar, os pelos do corpo não crescem como cabelos: eles têm uma “expectativa de vida” menor do que os fios da cabeça – aproximadamente seis meses. Então, ele não vai crescer indefinidamente “até o pé” – normalmente tem um “limite” de crescimento.

4 / 6
4. Você pode ter ácaros vivendo em seus cílios. Chamados de Demodex folliculorum, Eles são bem pequenos – pode haver até 25 vivendo em um único folículo – e se alimentam de células mortas e sebo acumulado nos poros. Eles não gostam de luz e, durante o dia, podem se “esconder” na pele.

5 / 6
5. Ruivas são mais sensíveis à dor. Geneticamente falando, pessoas ruivas são “mutantes”, e uma dessas mutações faz com que elas sejam também mais sensíveis às mudanças de temperatura e à dor, além de serem pessoas cujos efeitos de uma anestesia demoram mais para “pegar”.
6 / 6
6. As loiras têm mais estrogênio. Alguns estudos apontam que loiras têm maiores níveis do hormônio estrogênio. Seria uma explicação para a máxima de que “os homens preferem as loiras”? O hormônio é um dos responsáveis pela fertilidade da mulher e a “atração” pelas loiras, portanto, poderia ser, em parte, explicada pelos instintos primitivos do homem, que “escolhia” a parceira pelo potencial dela de gerar herdeiros fortes e saudáveis.
vimos em:bolsademulher

Falando sobre isso

Leave a Reply