6 hábitos para mudar hoje que te farão viver muito melhor na menopausa

Comum para mulheres entre os 45 e os 55 anos, a menopausa traz uma série de mudanças no corpo feminino. Ondas de calor, suores noturnos, dificuldade para dormir, irritabilidade, alterações hormonais e diminuição da libido e da lubrificação são as principais delas. Conhecer como o processo ocorre e o que pode ser feitos para que seus sintomas sejam amenizados é essencial para lidar com esta fase. Talita Poli Biason, gerente médica da unidade MIP Aché, no entanto, alerta: “a mulher deve iniciar alguns cuidados quando os primeiros sintomas da menopausa aparecerem, geralmente por volta dos 40 anos, na fase conhecida como perimenopausa”.

Para a especialista, falar sobre esse tema é essencial. Afinal, o número de mulheres entrando na menopausa é cada vez maior. Segundo a Organização Mundial de saúde (OMS), estima-se que em 2030 o número de mulheres com mais de 50 anos será três vezes maior do que em 1990. “Por conta disso, o acesso às informações referentes à menopausa e suas consequências é de extrema importância, já que, devido ao aumento da expectativa de vida, a maioria das mulheres deverá viver um terço de suas vidas em estado de deficiência estrogênica, ou seja, em período pós-menopausa”, ressalta a especialista.

É por isso que estar atenta às transformações do corpo e saber como lidar com todas elas é essencial para uma transição sem muitos impactos negativos. A seguir, veja sete hábitos que podem ser mudados desde já para encarar as alterações de frente.

Como viver bem na menopausa

Alimentação saudável: limite os alimentos industrializados. Corantes e conservantes podem ser muito prejudicais neste período. Já gorduras saudáveis presentes em alimentos como salmão e abacate ajudam a manter cabelos e pele saudáveis.

Cálcio: mulheres em fase de pré-menopausa, entre os 45 e os 55 anos, devem consumir, por dia, cerca de 1.000 mg de cálcio. Já após os 65 anos, a quantidade ideal passa para 1.500 mg. Leite e seus derivados são opções para incluir na alimentação – que deve ser sempre balanceada.

Sono: se antes já era essencial dormir bem, agora que o corpo está entrando em processo de transformação é ainda mais. A falta de sono pode contribuir para confusão mental e até alterar os desejos sexuais.

Atividades físicas: muitas mulheres, durante este período, ganham peso. O ideal é começar as atividades antes de eles chegarem. Afinal, é mais fácil manter do que perder peso.

Fortalecimento muscular: durante a terceira idade os tombos se tornam mais comum. Por isso, preze sempre pelas atividades de fortalecimento muscular. Elas reduzem os riscos de fraturas.

Memória: não basta cuidar apenas do corpo. É preciso também cuidar da mente. Exercícios de memória e raciocínio como palavras cruzadas e sudoku ajudam a diminuir a perda de memória comum desta fase.

veja o vídeo:

Vimos em bolsademulher

Falando sobre isso

Leave a Reply