7 curiosidades que você precisa saber sobre seus seios

Conversamos com Thelma Figueiredo, ginecologista e diretora da Associação dos Ginecologistas e Obstetras de Minas Gerais para tirar nossas maiores dúvidas sobre eles

1. Eles mudam de tamanho

Sabe aquela fase antes da menstruação, que seus seios ficam inchados e doloridos? Pois é, isso acontece porque você está retendo líquido. No período da ovulação o corpo passa por um pico hormonal de progesterona, responsável por isso. Para melhorar um pouco a situação, evite alimentos ricos em sódio, como, por exemplo, produtos industrializados e embutidos. Tome bastante água, chás e coma frutas como abacaxi, melancia, laranja e melão, elas são super diuréticas.

2. A cor do bico dos seios pode variar

Assim como a como a cor dos cabelos e dos olhos, ela pode variar de pessoa pra pessoa dependendo do seu nível de melanina, a responsável pela pigmentação.

 

3. Usar sutiã pode te ajudar

Ao contrário do que muitas mulheres pensam ele não ajuda a evitar a flacidez, mas ajuda a deixar os seios mais levantadinhos. Aquele peito mais caído nada mais é do que uma falta de “preenchimento” nos seios. O colágeno é o responsável por isso, e o sutiã não ajuda a fornecer mais. Para mulheres com os seios muito grandes, uma dica: use sempre sutiã, durante bastante tempo e desde o começo quando os seios estão começando a crescer.

 

4. Seus seios podem engordar

A mama é feita de gordura, e, conforme você ganha peso, elas aumentam junto. Fica então uma alerta: se você está sempre naquele efeito sanfona, tome cuidado. Assim como as estrias aparecem nas pernas, elas podem aparecer nos seios.

 

5. É normal ter pelos nos seios

Aqueles pelinhos que nascem em volta do mamilo nada mais são do que uma forma de proteção. Dependendo do nível hormonal de cada mulher, eles podem crescer mais ou menos. A testosterona é o hormônio responsável por isso e a quantidade depende do nível hormonal. A genética é outro fator que pode influenciar. Se sua mãe tem bastante, é provável que você tenha também.

 

6. Fazer exercício pode te ajudar…ou atrapalhar

Existem dois tipos de exercícios: os positivos e os negativos. Malhar a musculatura peitoral é ótimo e faz com que os seios tenham mais força para ficar em pé. Isso porque quanto mais forte esse músculo, mais força você tem para sustentar os seios. Agora, se você pratica corrida, por exemplo, deve usar um top que sustente bem o peso dos seios. O balanço faz com que eles fiquem flácidos em longo prazo.

 

7. Um lado é maior que outro.

Você sabia que o lado direito do seu corpo é diferente do esquerdo? Um olho pode ser maior e uma sobrancelha pode ser mais baixa. Com o peito não é diferente. Às vezes, quando a diferença é muito grande e começa a incomodar, pode-se investir em uma prótese de silicone ou na retirada da gordura.

vimos em:mdemulher

 

Falando sobre isso

Leave a Reply