A chamaram de “a mulher mais feia do mundo”, ninguém imaginava a triste história que escondia

Mary Ann Bevan tinha uma vida como a de qualquer mulher de sua época: vivia em Londres trabalhando como enfermeira, se casou aos 29 anos de idade e teve quatro filhos com seu esposo Thomas. Tudo ia bem até que em 1915 seu marido faleceu e a deixou a cargo de seus filhos. No entanto, uma doença da qual Mary Ann não tinha nem ideia começava a aparecer.

Tumblr

O sofrimento chamado acromegalia começou nos seus 32 anos com dores de cabeça e musculares, para depois acabar por deformar suas extremidades e rosto. Apesar das dores, Mary Ann não se deixou vencer e se manteve firme no cuidado de seus filhos.

Anatomy box

Desesperada a ponto da falência, a mulher decidiu pôr o bem-estar de sua família acima de sua dignidade e participou de um concurso chamado “A mulher mais feia”, o qual ganhou. Desde então foi conhecida com esse título.

Hnol

A necessidade de manter sua família a levou a deixar que as pessoas pisoteassem sua autoestima e terminou aceitando trabalhos em circos. Formou parte de um espetáculo de medo que recorreu o país todo, até acabar trabalhando nos Estados Unidos em um reconhecido parque temático: Dreamland, até que a morte chegou para ela em 1933.

Sides how world

Não há dúvida que sua vida esteve cheia de desgraças, desde a morte de seu esposo e a doença que a provocava dores horríveis e deformou por completo seu rosto, até o fato de que as pessoas a usaram como diversão à custa de ferir sua autoestima e dignidade.

Photo bucket

O pior aconteceu anos depois quando a reconhecida marca Hallmark comercializou cartões postais com sua foto e o título de “a mulher mais feia do mundo”. O fato resultou especialmente indigno para um médico da Alemanha que interpôs uma queixa contra a empresa, conseguindo que a memória de Mary Ann fosse respeitada ao retirar os cartões do mercado.

Este é um site de noticias,curiosidades e tratamentos,ele não susbtitui um especialista.Consulte sempre seu médico.

Falando sobre isso

Leave a Reply