A Disney receberá mais de 50 milhões de dólares pela morte de Carrie Fisher

A morte de Carrie Fisher teria provocado a maior reivindicação de seguro de acidentes pessoais

A Disney está programada para receber cerca de US$ 50 milhões, após a lendária atriz de ‘Star Wars’ ter falecido na terça-feira (27/12) depois que a companhia acionou o seguro que cobria no caso de Carrie não pudesse cumprir seus três filmes no contrato.

A Companhia de Seguros Lloyds de Londres pagará a “cobertura de proteção do contrato”, com o seguro subscrito pelos Exceptional Risk Advisors, onde há cláusulas “especiais em segurar riscos complexos de capital humano para indivíduos bem-sucedidos”.

Antes de sua morte trágica no início desta semana, Carrie tinha terminado as filmagens de ‘Star Wars: Episode VIII’ – que está programado para lançamento em dezembro de 2017 – mas era esperado para desempenhar um papel importante em Star Wars: Episódio IX, que deverá ser lançado apenas em 2019.

Acredita-se que o enredo terá de ser seriamente alterado em sua sequência devido a trágica morte de Carrie. Carrie morreu esta semana depois de sofrer um ataque cardíaco em um avião de Londres para Los Angeles.

Deixando uma homenagem a Carrie, a presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, disse em um comunicado: “Carrie tem um lugar tão especial no coração de todos na Lucasfilm, é difícil pensar em um mundo sem ela. Ela era amiga de todos nós.

“Ela tinha um espírito indomável, uma inteligência incrível e um coração amoroso. Carrie também definiu mais uma heroína há mais de uma geração. Seu papel inovador como a Princesa Leia serviu de inspiração de poder e confiança para as meninas em todos os lugares. Sinto falta dela”.

Tragicamente, apenas um dia depois que Carrie faleceu, sua mãe, Debbie Reynolds, morreu depois de sofrer um derrame.

Falando sobre isso

Leave a Reply