A importância que a cor das fezes tem no seu estado de saúde…. conhecê-las pode salvar a sua vida!

As cores das fezes podem indicar tanto uma boa saúde e hábitos intestinais normais quanto uma série de doenças, sugerindo problemas específicos que merecem atenção e tratamento. Você pode aprender por conta própria a interpretar os tons específicos ligados a cada diagnóstico. Caso o seu trato gastrointestinal não esteja funcionando adequadamente, as fezes podem ter cores que indicam o que está sendo eliminado do organismo, onde a deficiência está localizada no intestino e o que isso pode refletir na sua saúde.

Método 1 de 4: Provavelmente normal

  1. Check Your Health by Poop or Stool Colors Step 1
    Fezes marrons: Esta é a cor mais comum de quem está com a saúde em dia. Mantenha seu sistema digestivo funcionando adequadamente através de uma dieta saudável e pela ingestão de água em abundância. O ideal (mas não obrigatório!) é evacuar duas vezes por dia.

    • Basicamente, todos os tons de marrom ou castanho são considerados normais, pois esta cor é causada pela digestão normal da bile. Até mesmo uma tonalidade esverdeada pode ser bem-vinda devido ao consumo de legumes e verduras verdes (espinafre, agrião, brócolis, etc). Mas, caso você note que as fezes apresentam uma cor marrom escura demais, fique atento. Isso pode ser resultado de uma hemorragia ou um sintoma de algum problema potencialmente grave no intestino.
     
  2. Check Your Health by Poop or Stool Colors Step 2
    Fezes avermelhadas ou enegrecidas. Apesar de assustadoras, nem sempre indicam uma condição grave. Confira abaixo algumas possibilidades:

    • O tom avermelhado pode ter origem na ingestão de certos alimentos ou medicamentos. Por exemplo, depois do consumo abundante de molho, sopa ou extrato de tomate, ketchup, beterraba, gelatina colorida artificialmente (sabor morango, frutas vermelhas, groselha e outros que trazem corantes vermelhos), certos tipos de molho (como o de sabor churrasco, por exemplo), bebidas de tonalidade vermelha (suco de cranberry, tomate, morango, suco em pó com sabores de frutas vermelhas, etc), páprica e pimenta vermelha.
      • Já os tons de preto podem aparecer após o uso de medicamentos que contêm ferro (receitados no tratamento de anemia), remédios para diarreia e a ingestão de feijão preto e mirtilos (frutas azuis conhecidas como blueberries).
  3. Check Your Health by Poop or Stool Colors Step 3
    Verde. Apesar de incomum, essa cor é considerada normal, com exceção de estar presente em uma diarreia – nesse caso, esse é um sintoma de que as fezes passaram rápido demais pelo cólon e a digestão não foi concluída. Consequentemente, o resultado da evacuação fica esverdeado. Mas alguns alimentos e medicamentos também podem ser os responsáveis:

    • Vegetais, principalmente folhas verdes como o espinafre
    • Suplementos de ferro (ver “tons de preto”)
    • Alguns medicamentos.

Método 2 de 4: Condições que exigem atendimento médico urgente

  1. Check Your Health by Poop or Stool Colors Step 4
    Urgente — Fezes negras, parecidas com “borra de café”: Esse tipo de cor é sinal de hemorragia potencialmente fatal. Vá ao pronto-socorro imediatamente! O sangramento pode ter origem no esôfago, estômago ou intestino delgado, e a cor é resultado de uma quantidade significativa de sangue digerido.

    • Por outro lado, vale lembrar que a cor escura também pode estar associada a causas inofensivas, tais como o consumo de suplementos de ferro, uma feijoada, etc.
  2. Check Your Health by Poop or Stool Colors Step 5
    Urgente — fezes esbranquiçadas, pálidas ou cinzas: esses tons indicam problemas no fígado ou pâncreas — Procure atendimento médico! Caso as fezes estejam acinzentadas, parecidas com argila, elas podem indicar problemas no fígado e uma inflamação ou infecção no pâncreas. Isso porque a bile, substância produzida pelo fígado, é a responsável pela coloração castanha das fezes. Quando há uma deficiência desse componente, o tom acinzentado se faz presente, sendo sinal de que:

    • Obstrução (possivelmente devido a pedras no fígado) da saída da bile ou dos dutos biliares. A causa pode estar em uma infecção ou lesões resultantes de um tumor ou de um câncer na área do fígado, do pâncreas ou da vesícula biliar;
    • Pancreatite;
    • Cirrose hepática (fibrose e espessamento do fígado) ou hepatite;
    • A coloração pálida ou acinzentada costuma indicar a falta da bile nas fezes. Mas esses tons também podem se fazer presentes devido ao uso de alguns medicamentos, tais como altas doses de salicilato de bismuto monobásico (conhecido como PeptoBismol) e outros remédios para diarreia.
  3. Check Your Health by Poop or Stool Colors Step 6
    3
    Atenção: Se houver uma grande quantidade de sangue nas fezes ou em volta do vaso sanitário, o sangramento pode estar vindo de hemorroidas internas ou externas. Outra causa a ser considerada é uma hemorragia interna no final do intestino delgado, intestino grosso ou reto. — Vá ao pronto-socorro!:

    • Esses focos avermelhados também podem ser sinal de:
      • Hemorragia intestinal, incluindo diverticulite ou ruptura da parede intestinal. Você precisa de atendimento médico imediato!
  4. Check Your Health by Poop or Stool Colors Step 7
    4
    Casos que requerem um diagnóstico. Fezes amareladas, pastosas e extremamente mau cheirosas. Elas sinalizam um excesso de gordura no resultado da evacuação, devido a uma disfunção que prejudica a absorção de gordura pelo organismo. Esta condição está presente na doença celíaca (a incapacidade de digerir o glúten, proteína presente em pães e cereais). O ideal é consultar um médico para uma avaliação precisa. Mas é importante saber que excrementos amarelados não são normais e que podem ser sintoma de um problema grave. Isso porque o tom amarelado é causado por doenças que diminuem a produção de lipase pancreática ou de distúrbios que bloqueiam o transporte desta enzima para os intestinos.
  5.  Método 3 de 4: Precauções que podem salvar vidas

    1. Check Your Health by Poop or Stool Colors Step 9
      Anote alterações estranhas na aparência das fezes. Leve em conta todas as possibilidades:

      • Durante 3 a 7 dias, mantenha um registro das alterações da cor para reportá-las à equipe médica. Isso facilitará o atendimento e diagnóstico.

    Método 4 de 4: Recém-Nascidos, bebês e crianças de até 3 anos

    1. Check Your Health by Poop or Stool Colors Step 11
      Fique de olho nas fezes dos bebês para observar as diferentes tonalidades.

      • Caso se trate de um recém-nascido e de um cocô esverdeado ou verde-escuro, pode ficar tranquilo (a). Isso é normal, pois é o mecônio da placenta sendo expelido. Outras fezes comuns incluem:
      • Tons amarelo-esverdeados ou marrom-esverdeados em bebês amamentados no peito.
      • Cor amarelada ou castanho-clara em bebês que se alimentam de fórmulas (Nestogeno, Aptamil, Similac, etc).
    2. Check Your Health by Poop or Stool Colors Step 12
      Quando procurar um pediatra. Fezes pretas, escuras ou que contêm sangue nunca são normais e requerem atendimento médico.
    • Dicas

      • A presença de muco em pequenas quantidades é normal. Ele é uma substância gelatinosa produzida pelos intestinos a fim de hidratar e lubrificar as paredes do cólon. Consulte um médico caso você note a presença de muito muco ou pus nas fezes (sintomas de uma possível infecção), acompanhado de sangramento ou alterações na frequência das evacuações sem motivo aparente.
      • Fezes enegrecidas com frequência podem indicar a presença de um câncer no cólon ou de uma hemorragia interna. Lembre-se: Cocô preto e duro demais por muito tempo é caso de pronto-socorro.
      • No filme Parque dos Dinossauros, a veterinária conseguiu diagnosticar a causa da dor do animal tocando o excremento. Mas ela poderia ter feito o mesmo diagnóstico só de olhar a cor, sem precisar “colocar a mão na massa”!

      Avisos

      • Qualquer cor de diarreia associada com os seguintes sintomas requer atendimento imediato:
        • Dor abdominal aguda; sangue ou pus nas fezes;
        • Febre alta (acima de 39 graus);
        • Vômito abundante;
        • Convulsões, mudanças no estado mental ou de comportamento;
        • Sintomas de desidratação extrema:
          • Diminuição na quantidade de urina e na frequência (os rins podem ter sido afetados);
          • Aumento da sede;
          • Fadiga e confusão mental – todos esses sintomas são sinais de que a vítima precisa de atendimento médico urgente.No filme Parque dos Dinossauros, a veterinária conseguiu diagnosticar a causa da dor do animal tocando o excremento. Mas ela poderia ter feito o mesmo diagnóstico só de olhar a cor, sem precisar “colocar a mão na massa”!
          • Vimos em http://pt.wikihow.com

Falando sobre isso

Leave a Reply