Ai, to ficando careca… E agora?

Comer direito, praticar exercícios físicos e usar os produtos certos para seu cabelo pode livrar você desse drama

Quem sofre de alopecia – a popular queda de cabelo – sabe quão desesperador é ver aquele monte de fios acumulados no ralo do boxe, no pente e no travesseiro. Como pânico nunca resolve nada na vida, melhor conhecer as principais causas do problema. Afinal, seguindo as orientações de Bel Takemoto, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), e de Tatiana Steiner, dermatologista do Departamento de Cabelos e Unhas da Sociedade Brasileira de Dermatologia, o transtorno pode ser minimizado, sim!
Esse tipo de problema é comum em homens e mulheres?
Sim, mas os fios não caem da mesma maneira nos dois. “Geralmente, dá para perceber que o homem é calvo por conta das entradas que se formam e do topo da cabeça, onde os fios começam a rarear principalmente”, diz Bel Takemoto. No caso das mulheres, a mudança é bem mais sutil: a risca do meio do couro cabeludo fica aparecendo e os fios se tornam cada vez mais finos, sem vida e sem
volume. “Tentar fazer um simples penteado chega a ser até traumático, pois o couro cabeludo fica muito visível em casos mais graves”, diz
Tipos de queda de cabelo
Com inúmeras causas, as mais comuns são:
1 Alopecia androgenética (calvície): “É genética e estima-se que pode atingir até 80% dos homens com 70 anos de idade e até 40%
das mulheres com 50 anos”, afirma Tatiana. Provavelmente bem mais comum do que você imaginava!
2 Queda crônica e sem motivo aparente: “Pode ocorrer por deficiência nutricional, principalmente de ferro, um dos componentes mais importantes para a saúde do cabelo, ou por alguma alteração da glândula da tireoide”, relata Tatiana.
3 Eflúvio Telógeno: Não tem nenhuma origem genética. “É provavelmente a causa mais comum de perda de cabelo que aparece nos consultórios, mais frequente em mulheres”. Nesse caso, o paciente pode perder mais de 600 fios por dia. Confira os principais fatores que podem desencadear o problema:
❱ Estresse psicológico emocional;
❱ Febre;
❱ Distúrbios endócrinos;
❱ Doenças crônicas;
❱ Carência nutricional;
❱ Medicamentos;
❱ Deficiência de ferro;
❱ Dietas;
❱ Pós gestação.
Menopausa
Por conta das alterações hormonais nessa época, é comum os fios ficarem mais ralos e diminuírem de quantidade. “Além de reduzir o volume, a menopausa influencia a hidratação natural do cabelo, deixando-o mais seco”, esclarece Tatiana. Depois de fazer um diagnóstico com o dermatologista, ele mesmo vai orientar quais os tratamentos para o problema.
Comida boa
Ter uma alimentação saudável ajuda (e muito!) a evitar a queda de cabelo. Veja os nutrientes essenciais para a saúde dos seus fios e inclua já no seu cardápio:
❱ Ferro: carnes, feijão, lentilha e verduras verde-escuras.
❱ Zinco: frutos do mar, couve, castanhas e frango.
❱ Vitamina A: ovo, agrião, cenoura e espinafre.
❱ Vitamina B12: carnes, queijos e ovos.
❱ Betacaroteno: vegetais alaranjados como cenoura e folhas de cor verde-escura.
❱ Aminoácidos lisina,cisteína e prolina: carnes.
❱ Vitaminas do complexo B: grãos, nozes, legumes e cereais integrais.
❱ Minerais: ostras, fígado, leite e farelo de trigo.
Xampu e condicionador anti queda funcionam?
As profissionais afirmam que esses produtos ajudam a combater a queda, mas é importante usá-los com acompanhamento médico.
E, além dos cosméticos, há medicamentos específicos para estimular o crescimento dos fios, diminuir o efeito de rarefação e controlar a queda.
10 dicas para ter fios saudáveis
1 Privilegie uma alimentação equilibrada.
2 Pratique atividades físicas.
3 Lave o cabelo adequadamente, tirando todo excesso-de resíduos.
4 Trate e evite ter dermatite seborreica, também conhecida como caspa, e fios oleosos.
5 Evite lavar o cabelo com água muito quente.
6 Não durma com o cabelo molhado.
7 Não abafe o cabelo com bonés ou chapéu por muito tempo, pois pode piorar o quadro de oleosidade e dermatite.
8 Use xampu e condicionador específicos para o seu tipo de cabelo.
9 Faça hidratação, principalmente após tratamentos químicos.
10 Aplique reparador de ponta ou óleos hidratantes sempre que necessário.

Vimos em anamaria

Falando sobre isso

Leave a Reply