Alimentos e atitudes que mais secam: lista que funciona para começar a seguir HOJE

A batalha travada contra a balança por muita gente é árdua e normalmente longa, caso a ideia seja emagrecer com dieta e exercícios e manter de forma saudável o peso alcançado. Qualquer dica para turbinar a perda de peso com saúde é válida e, por isso, a revista norte-americana Women’s Health fez uma lista com 8 atitudes e alimentos que mais ajudam a detonar as gordurinhas, dispostos em ordem crescente de eficácia. Veja:

1. Comer pequenas e frequentes porções

Lanchinhos saudáveis (e, de preferência, naturais) são um bom caminho para turbinar o metabolismo. Eles estabilizam o nível de glicose no sangue, mantem a disposição alta para as tarefas do dia a dia e evitam picos de glicose, responsáveis pela deposição de gordura nos tecidos.

2. Pimenta

Graças ao antioxidante chamado capsaicina, a pimenta pode fazer com que você queime 50 calorias a mais por dia. Pode não ser um aumento tão significativo do metabolismo, mas, de qualquer forma, é um empurrãozinho para secar. O antioxidante também é um potente aliado contra o envelhecimento precoce. É preciso, no entanto, não exagerar na quantidade, pois a pimenta pode ser agressiva para o estômago de algumas pessoas. Consulte seu nutricionista.

3. Chá verde

Um estudo japonês mostrou que compostos chamados de catequinas, presentes no chá verde, ajudam a aumentar a velocidade do metabolismo em até 4%, se dois a quatro copos da bebida forem consumidos diariamente. Além disso, o chá verde é capaz de aumentar a sensação de saciedade, evitando eventuais escapadas na dieta.

4. Laticínios

Se não há intolerância à lactose, não tem porque tirar os laticínios da dieta. De acordo com uma pesquisa publicada no Journal of Nutrition, mulheres que consumem algum derivado do leite de três a quatro vezes por dia perderam 70% a mais de gordura do que aquelas que cortaram esses alimentos do cardápio. A explicação está no cálcio e na leucina, que ajudam a manter a massa magra e o metabolismo alto.

5. Cafeína

Uma xícara de café pela manhã pode ajudar a dar um “choque” no metabolismo: a cafeína acelera os batimentos cardíacos e deixa o corpo em estado de “alerta”. O corpo começa a queimar calorias para suprir essa demanda de energia. Além disso, ingerir alimentos que sejam fonte de cafeína antes de treinar pode ajudar a secar 15% a mais. Assim como no caso da pimenta, é necessário ter cautela com o consumo de cafeína, que pode ser perigosa para quem tenha problemas cardíacos, por exemplo. O melhor a fazer é se consultar com um profissional de saúde.

6. Proteínas

Alimentos com alto teor proteico e pouca gordura – como peito de frango e peixe, por exemplo – requerem mais energia para serem digeridos. A proteína, além disso, é composta por aminoácidos que ajudam na recuperação muscular: por isso, é excelente para quem busca substituir massa gorda por massa magra. Para completar, este nutriente é responsável por fazer com que você se sinta satisfeito e “cheio”.

7. Dormir bem

Muita gente subestima o valor de uma noite bem dormida. Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition mostra que uma noite sem dormir o suficiente já desacelera o metabolismo no dia seguinte, porque o corpo entende que precisa poupar energia: funções básicas como respirar ou fazer a digestão requerem até 20% a menos de calorias para serem realizadas. Hormônios relacionados à fome e à saciedade ficam bagunçados com sono desregulado, e a vontade de comer doce e besteiras acaba aumentando.

8. Fazer treinos de força

Musculação é a melhor coisa a se fazer para emagrecer: ela faz com que o corpo continue queimando calorias mesmo depois do término do treino. Quando os músculos são colocados em seu limite, eles precisam trabalhar mais duro para se reconstruírem, o que acaba fazendo com que o ritmo do metabolismo aumente. Em uma pesquisa divulgada no Journal of Translational Medicine, as pessoas que participaram de programas de alta intensidade de musculação aumentaram a taxa metabólica para 452 calorias queimadas nas 24 horas seguintes. Quem realizou treinos de baixa intensidade (mais repetições e menos peso) secou um adicional de apenas 98 calorias no mesmo período.

 

Vimos em: BolsadeMulher

Falando sobre isso

2 comments

  1. Preciso perder a preguiça e começar!

  2. Preciso muito emagrecer. ..e não estou conseguindo. ..:-(:-(:-(:-(:-(

Leave a Reply