Após aposta com amigos, homem perde 103 kg só com dieta e treino: foram 12 kg por mês

Fabiano Lacerda, um publicitário de Salvador (BA), pesava 192,8 kg e não tinha intenção de emagrecer até que foi desafiado por amigos e familiares a perder 60 kg em 6 meses apenas com reeducação alimentar e atividade física.

Além de ousada, a meta era arriscada. “Apostamos dinheiro, mas nunca revelei o valor total. Caso eu conseguisse, levaria a bolada, mas caso contrário, pagaria o dobro”, explica Lacerda. Mesmo assim, ele aceitou o desafio.

Desafio de perda de peso: regras

“Eu não poderia fazer cirurgia bariátrica, nem qualquer tipo de intervenção parecida, não poderia tomar nenhum tipo de inibidor de apetite, nem suplementos alimentares ou até mesmo remédios para auxiliar na perda de peso”, detalha o baiano.

O publicitário não só conseguiu cumprir o desafio como emagreceu 12 kg a mais do que o combinado. Sim, ele perdeu incríveis 72 kg em apenas seis meses seguindo orientações de profissionais, como nutricionista e professor de educação física.

72 kg em 6 meses: como ele conseguiu?

Para Fabiano, a aposta mexeu com o seu ego e isso foi fundamental para que ele conseguisse este resultado surpreendente. “Acredito que uma boa dose de vergonha na cara e em seguida outra dose de atitude me fizeram chegar a este marco. As pessoas próximas a mim duvidavam que eu fosse capaz”, revela.

E ele não parou por aí. Lacerda continuou muito focado na dieta e nos exercícios e, ao todo, emagreceu 103 kg. “Cheguei aos 89 kg. Atualmente estou com 95 kg, pois tenho feito um trabalho para ganho de massa magra”, afirma.

Dieta

 

O primeiro passo de Lacerda foi mudar seus hábitos alimentares. Ele afirma que, na época em que era obeso, comia muita besteira, principalmente à noite, e não mantinha regularidade de horário. Atualmente, sua alimentação é balanceada e ele come a cada 3 horas.

“Claro que às vezes me permito sair do regime, porém defendo que este tipo de permissão só deve ser dada depois que alcançamos o objetivo. Aceitar o ‘só hoje pode’ é furada”, opina.

Exercícios físicos

Como estava com o peso muito acima do ideal, Lacerda começou fazendo apenas exercícios de condicionamento muscular e caminhadas. Desde o início, ele treina 6 vezes por semana, descansando apenas aos domingos e em alguns feriados.

Agora, ele pratica vários esportes, faz musculação e corre quase todos os dias. Seu condicionamento melhorou tanto que ele até conseguiu completar a tradicional corrida de São Silvestre no final de 2016.

Na corrida, o soteropolitano usou uma camiseta enorme para relembrar sua época de obeso e nela escreveu “menos 100 kg”.

Dificuldades no emagrecimento

 

Fabiano garante que o processo não foi nada fácil e que em diversos momentos pensou em desistir.

Para que isso não acontecesse, ele fazia de tudo para afastar esta possibilidade. Segundo acredita, alimentar o pensamento gera ansiedade e desistir de algo sempre provoca uma enorme frustração.

“Para mim, o momento mais difícil está sendo os tempos atuais, pois tenho constatado que manter é muito mais difícil que perder”, declara.

Vida nova: o que mudou?

Além de ganhar muita saúde, disposição e o dinheiro da aposta, Lacerda garante que outras várias coisas mudaram para melhor no seu dia a dia.

“Andar de transporte público, deitar em uma rede, passar por uma catraca, andar de avião, passar por uma multidão e não esbarrar em todo mundo, poder achar roupas em diversas lojas e ter variedade maior para escolher e conseguir dormir melhor” são as vantagens de perder tantos quilos que Fabiano lista.

Vimos em curisidadesdanet

Falando sobre isso

Leave a Reply