Argila verde contra a acne: aprenda receitinhas caseiras de máscara e esfoliante

Algumas receitas caseiras podem ajudar a manter a pele mais lisinha e acabar com um problema que acomete muita gente: a acne. Para isso, a dermatologista Elizette Kaffer, da Clínica Shalon de Campinas (SP) indica o uso da argila verde, encontrada em lojas de produtos naturais, que possui várias propriedades medicinais. “Seu efeito detox remove toxinas, repõe nutrientes, é um excelente secante e emoliente (amolece os cravinhos, facilitando sua remoção), além de controlar a oleosidade da pele”, afirma. Ela ensina algumas formas de usá-la.

Máscaras faciais com argila

Argila é benéfica para a pele e pode ser misturada a diferentes ingredientes

Receita caseira antiacne

Dilua 1 colher de sopa de argila, encontrada em lojas de produtos naturais, em 5 colheres de sopa de água mineral ou água de coco até virar uma pasta.

Aplique sobre todo o rosto após o banho, com a pele bem limpa e espere até secar.

Depois, lave o rosto com muita água até tirar todos os resíduos.

“Seu uso pode ser diário, como secante de espinhas. Essa máscara tem efeito detox, ajudando a melhorar as lesões”, explica.

Esfoliante caseiro

Dilua 1 colher de sopa de argila verde e 1 colher de sopa de sal grosso em 100 ml de água mineral ou água de coco.

A consistência vai ficar mais fluida e deve ser aplicada em todo o rosto com uma esponja vegetal.

Se possível, fique no sol até secar e depois lave bem.

A mistura pode ser usada também para esfoliar o corpo. “Essa máscara tem efeito esfoliante, adstringente e secante. Seu uso pode quinzenal ou mensal, ate a melhora das lesões”, diz.

Cuidados com a pele

Espinhas nunca devem ser espremidas

Os tratamentos caseiros auxiliam nos cuidados com a acne, mas, no dia a dia, é importante também evitar alguns comportamentos que podem agravar o quadro.

“Nunca esprema uma espinha deliberadamente. A manipulação da acne sem cuidados de higiene local (com a mão ou objetos sujos) pode levar à disseminação das bactérias da pele aos vasos linfáticos faciais que desembocam aos vasos linfáticos cerebrais, podendo evoluir para casos gravíssimos de celulite facial e até trombose cerebral de seio cavernoso”, alerta.

Vimos em bolsademulher

Falando sobre isso

Leave a Reply