Até 25% do peso de um travesseiro com apenas 2 anos de uso é de ácaros. Entenda

Apesar de serem invisíveis a olho nu e aparentemente inofensivos, os ácaros podem provocar diversos males à saúde, especialmente entre pessoas que já sofrem de alergias, como rinite e asma. Eles são aracnídeos microscópios que pertencem à mesma família das aranhas e escorpiões e, mesmo não sendo tão ameaçadores quanto seus “parentes”, precisam ser combatidos.

Mesmo solteira, saiba que você não passa suas noites sozinhas, já que um único colchão pode servir de abrigo para, aproximadamente, 2 milhões de ácaros. E pior: após dois anos de uso, cerca de 25% do peso de um travesseiro corresponde a ácaros mortos e suas fezes.

Isso acontece porque sua cama é um ambiente bastante aconchegante também para os ácaros. Em média, um ser humano adulto perde cerca de 28 gramas de pele morta a cada mês, e são exatamente essas células que são recebidas pelos ácaros como principal fonte de alimento.

Além de realizar troca de travesseiros a cada dois anos, você ainda deve mudar fronhas e lençóis pelo menos uma vez por semana para diminuir a quantidade ácaros na cama. O bicarbonato de sódio pode ajudar a eliminar os “bichinhos” do móvel de uma maneira bem simples: com uma peneira, polvilhe o produto sobre a cama e deixe agir por duas horas. Em seguida, retire todo o pó com um aspirador.

Na hora da faxina, use o aspirador de pó em vez de vassouras e espanadores, que levantam a poeira, espalhando os ácaros pelo ambiente. Manter as janelas de casa abertas para arejar e permitir a entrada de sol nos ambientes é também uma boa opção simples de combater os ácaros.

 

Vimos em: BolsadeMulher

Falando sobre isso

Leave a Reply