Atleta abre mão de sua medalha por tratamento para menino que nem conhecia

O atleta polonês Piotr Malachowsk deu um exemplo de solidariedade que está encantando a web. Medalhista de prata no arremesso de disco nas Olimpíadas do Rio, ele foi procurado pela mãe de um menino de 2 anos com câncer no olho que não tem como custear o tratamento do filho e se sensibilizou com a história da criança. Os sintomas do câncer em crianças podem ser facilmente confundidos com os de infecções e por isso é importante ficar atento aos sinais comuns da doença para que ela seja identificada no seu estágio inicial. No menino Olek, o tumor foi descoberto quando ele ainda tinha menos de 1 ano de idade.

Atleta leiloou medalha

Para conseguir ajudar, o atleta decidiu realizar um leilão online com a medalha que conquistou este mês na Olimpíada do Rio. Em sua conta no Facebook, ele publicou fotos de sua medalha e do menino e escreveu um texto contando quem era Olek e pedindo para que as pessoas ajudassem com o que pudessem.

“No Rio, eu lutei para ter o ouro. Hoje, faço um apelo a todos para algo que é ainda mais valioso. A saúde deste menino fantástico”, escreveu.

Os lances podem ser feitos até o dia 26 de agosto. Até o momento, o lance mais alto é de pouco mais de R$ 60 mil. Além dos leilões online, o crowdfunding (ou vaquinha online) também tem sido muito utilizado por pessoas que precisam arrecadar dinheiro para o tratamento de doenças ou para custear projetos. Um exemplo disto é Cailee Herrell, a americana tenta arrecadar US$ 10 mil para viajar com a filha que vai ficar http://cega.

Pedido de ajuda financeira

Além de convidar todos para participarem do leilão beneficente, Malachowsk também pediu doações em dinheiro e mensagens de apoio à família da criança que enfrenta o câncer. Leia o apelo na íntegra:

“Ganhar uma medalha olímpica para um atleta é realizar um sonho de vida. Claro, a de ouro é a mais preciosa. Eu fiz tudo que estava ao meu alcance para obtê-la. Infelizmente desta vez não tive sucesso. No entanto, o destino me deu uma chance de aumentar o valor da minha prata.

Pouco tempo depois da competição, Gosia, mãe de Olek, escreveu para mim pedindo ajuda para salvar seu filho. Olek tem quase dois anos e está lutando contra um câncer no olho durante mais da metade de sua vida. O retinoblastoma é um tumor maligno no olho, que só ocorre em crianças com menos de 5 anos de idade. Na Polônia, não há chance de salvar Olek. A única possibilidade é a terapia em Nova York.

Eu decidi ajudar Olek e coloquei a medalha que ganhei no Rio em leilão. Todo o valor arrecadado será destinado ao tratamento de Olek. Eu incentivo todas as pessoas de boa vontade a depositar dinheiro na conta, enviar mensagens de texto e ajuda de qualquer maneira possível. Vamos ajudar os pais e a família de Olek. No Rio, eu lutei para ter o ouro. Hoje, faço um apelo a todos para algo que é ainda mais valioso. A saúde deste menino fantástico.

Vimos em vix

Falando sobre isso

Leave a Reply