Batata-doce: aliada da dieta e boa-forma

Com dobro de fibras da batata-inglesa, a batata-doce garante energia durante a prática de exercícios físicos e possui inúmeros benefícios para a saúde

Queridinha de quem malha, a batata-doce tornou-se indispensável na alimentação de muita gente. O motivo de tanto sucesso é por que ela libera energia lentamente no decorrer dos exercícios e ainda evita picos de insulina e formação de gordura.
Quando consumida no pré-treino (até duas horas antes), a batata-doce garante energia durante toda a prática da atividade física. Além disso, o alimento “demora a produzir insulina, um hormônio produtor de gorduras e terror de quem quer definir músculos”, explica Talitta Maciel, nutricionista do Espaço Reeducação Alimentar.

Dieta e bem-estar

A batata doce tem baixo índice glicêmico, ou seja, o açúcar liberado por ela demora mais tempo para chegar na corrente sanguínea. Sendo assim, esse açúcar é absorvido mais devagar, o que é excelente para quem está de dieta. Da mesma forma, os carboidratos complexos são absorvidos de forma lenta e gradual no intestino, garantindo aporte de nutrientes por mais tempo.
“Entre os nutrientes, se destacam a vitamina A, importante para a saúde da pele; vitaminas do complexo B, essenciais na recuperação e crescimento muscular, e os minerais como o ferro e fósforo, indispensáveis à saúde óssea” ressalta Mayara Leopoldina, nutricionista da E4 marketing.
As vantagens de consumir a batata-doce não param por aí. Já que o alimento é rico em fibras, seu consumo dá sensação de saciedade evitando os lanchinhos fora de hora.
O tubérculo também possui vitamina B6, que ajuda a dar resistência às paredes do coração. Além disso, ajuda a reduzir o colesterol e possui antioxidantes que atuam na redução dos radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce. Por fim, ela possui propriedades anti-inflamatórias, graças à vitamina B6 e C.
Versátil, a batata-doce pode ser cozida em água, assada no forno e também feita como purê. É uma ótima opção para substituir o pão no café da manhã e compor os lanches entre as refeições.
Mas é preciso ter parcimônia ao consumir esse alimento. Cerca de meia batata-doce média ao dia já traz os benefícios sem risco de ganho de peso.

Batata-doce x Batata-inglesa

Com sabor mais adocicado, a batata-doce, comparada à inglesa, apresenta cinco vezes mais cálcio, o dobro de fibras e mais potássio, e, visto que é mais calórica, promove mais saciedade.
Além disso, a batata-inglesa possui alto índice glicêmico, produzindo glicose rapidamente no organismo, que rapidinho vira gordura. Para finalizar, Talitta Maciel esclarece que não existem contraindicações para o consumo da batata-doce, que é liberado, inclusive, para quem é diabético.
O ideal é consumir cerca de ½ batata-doce ao dia para ter seus benefícios sem risco de ganhar peso
Vimos em http://arevistadamulher.com.br/
 

Falando sobre isso

Leave a Reply