Bolinhas na virilha: o que pode ser e como eliminá-las

As bolinhas vermelhas na virilha geralmente são associadas ao pelo encravado. Apesar de ser mesmo o caso na maioria das vezes, existem outras condições de pele que podem provocar esta reação, podendo prejudicar o diagnóstico e tratamento correto.

Bolinha na virilha

De acordo com a dermatologista Gabriela Munhoz, os problemas de saúde que podem provocar o aparecimento de pontinhos avermelhados na virilha da mulher são:

Foliculite

A “bolinha na virilha” pode ou não apresentar pus na ponta

Também conhecido como pelo encravado, é o problema mais comum nessa área. Ele acontece quando o pelo que está crescendo não consegue ultrapassar completamente a pele, então se curva, penetrando novamente sua camada mais externa, causando inflamação e ficando mais exposto a bactérias. A depilação com cera, lâmina ou pinça é uma das principais causas.

“Geralmente, os pelos encravados são decorrentes do fator anatômico dos pelos de algumas áreas do corpo, como a barba e a virilha, que podem ser recurvados”, esclarece a dermatologista Carla Albuquerque.

Furúnculo

Trata-se de uma infecção bacteriana. Em alguns casos, a manipulação do pelo encravado leva ao agravamento do quadro, que evolui para o furúnculo.

Abscesso

É um acúmulo de pus que causa inchaço e inflamação. Na maioria das vezes, é uma complicação do furúnculo.

Alergia

Outro problema possível na região são as reações alérgicas, que podem ser ao absorvente externo, sabonete íntimo, lenços umedecidos, ou, ainda, tecido da calcinha (principalmente se for sintético).

O uso de roupa íntima de tecido sintético, como o poliester, pode causar alergia na região

Hidradenite

Em termos simplificados, é uma espécie de foliculite ou cravo mais grave, que ocorre devido à obstrução do folículo.

A Dra. Gabriela ressalta, ainda, que a espinha na virilha não é comum e que, muitas vezes, as pessoas confundem esta condição com a foliculite devido ao aspecto similar.

Como tratar

Os casos mais simples de foliculite e alergia são tratados com pomadas

O tratamento para foliculite deve ser feito com pomadas antibacterianas. Segundo a Dra. Carla, em alguns casos, é necessária a administração de antibióticos via oral.

Para tratar alergias, são usadas pomadas anti-inflamatórias. É necessário suspender o uso do produto que causou a reação.

Já as condições mais agravadas, que são o furúnculo, abscesso e hidradenite, requerem o uso de medicamentos antibióticos. Os abscessos também podem ser drenados.

Quando devo procurar um médico?

Segundo a Dra. Gabriela, os pelos encravados se curam espontaneamente. Por isso, se você observar que a inflamação não melhorou depois de três dias, é necessário consultar um dermatologista, pois pode se tratar de uma infecção.

“A diferenciação pelo aspecto é difícil. O ideal é procurar a ajuda de um especialista, que irá analisar o caso e prescrever o tratamento indicado”, afirma.

Depilação e pelo encravado: qual é a relação?

A depilação com cera, lâmina e pinça é a causa mais comum da foliculite, de acordo com a Dra. Carla. “Todas essas técnicas mantêm a raiz do pelo. Quando ele cresce novamente, é percebido pelo organismo como um corpo estranho, causando inflamação toda vez tenta ultrapassar a pele”, explica Dra. Gabriela.

A depilação com cera, lâmina ou pinça seguida da infecção por bactérias é a principal causa de pelos encravados na virilha e axila

Esfoliação na virilha é indicado?

A esfoliação nunca é recomendada quando já existem pelos encravados na região. “Ela acaba traumatizando a pele e criando uma porta de entrada para bactérias, facilitando o desenvolvimento de um furúnculo, por exemplo”, alerta Dra. Gabriela. “É uma agressão extra”, reforça Dra. Carla.

Entretanto, o método pode ser utilizado para prevenir o problema, desde que a paciente não apresente foliculites na virilha. A esfoliação neste caso serve para eliminar pele morta, sujeira e qualquer outro fator que possa obstruir os poros e impedir o crescimento saudável do pelo.

Vimos : http://www.bolsademulher.com

 

Falando sobre isso

5 comments

  1. Então não devemos fazer espoliação de forma alguma

  2. daniele vasconcelos

    Eu estou com esse ploblema mim da uma dica pra acaba com isso

  3. qual mais correto pra depilar com cera ou aparelho descartáveis

  4. Adorei o conteúdo, fui diversas vezes ao ginecologista e nunca me atentei a ir ao um dermatologista, por isso o meu problema nunca foi solucionado.

    obrigada!

Leave a Reply