Cada vez mais mulheres estão secando a vagina com secador de cabelo após o sexo. Veja porque até os médicos estão recomendando isso!

Parece até um fetiche incomum, mas de acordo com ginecologistas, esse é na verdade um método muito eficaz para evitar micose vaginal (um tipo de infecção). Após o sexo, as mulheres que têm tendência a ter infecções fúngicas deveriam usar o secador de cabelo para secá-las.

A dica vem de uma ginecologista americana, a Dra. Alyssa Dweck, em seu livro: “The Complete A to Z for Your V.” (“O de A a Z Completo Para a Sua V”, em tradução livre). E Beatrice Wagner, uma terapeuta sexual da Alemanha, concorda. Ela diz: “Ao fazer sexo com o parceiro, nós trocamos todo tipo de bactéria. Elas se sentem em casa no ambiente quente oferecido pela vagina”. No entanto, fazer sexo nem sempre leva à infecção vaginal. “Normalmente o nosso sistema imunológico estará pronto para isso. Mas qualquer mulher com tendência a ter infecções vaginais deveriam tentar evitá-las e usar o secador – mesmo que isso soe uma coisa estranha de se fazer”, ela explica.

Só para ficar claro, qualquer pessoa que for tentar isso deve, primeiramente, lavar sua vagina com água morna e só depois usar o ar mais frio do secador para secá-la. Como alternativa, use uma toalha de mão limpa, mas cuidado para não secá-la completamente, o que pode atrapalhar o equilíbrio da cultura bacteriana da vagina. A parte interna deve permanecer umedecida.

O que é micose vaginal?

Micose vaginal é uma queixa muito comum entre as mulheres: 75% delas terão uma infecção desse tipo pelo menos uma vez na vida. Os sintomas incluem coceira, assim como uma forte sensação de queimação na área íntima. Além disso, essa condição normalmente produz um corrimento branco-amarelado, que pode ser de consistência cremosa ou esfarelada. A causa da micose vaginal é a infecção por levedura. Frequentemente, o fungo responsável pela infecção é o do tipo “Candida albicans”; em 5 a 10% dos casos, o fungo causador é o “Candida glabrata”.

Dentre as causas para a micose vaginal estão: flutuações hormonais (durante a gravidez, por exemplo), problemas no metabolismo (como problema na tireoide), um sistema imunológico enfraquecido ou o uso de pílulas anticoncepcionais. A limpeza excessivas da suas partes íntimas com sabonetes vaginais, usar calcinha feita com tecidos sintéticos, ou usar roupas muito justas também contribuem para causar esse tipo de infecção.

Se você suspeita de que está com infecção vaginal, vá a um ginecologista. Existem vários tipos de remédios antifúngicos que podem acabar com a infecção rapidamente e sem efeitos colaterais.

Secar a vagina com secador após o sexo nem sempre é necessário. Porém, se você tem tendência a desenvolver infecções ou não usou preservativo, vale a pena utilizar esse método.

Vimos em cuide-se.net

Falando sobre isso

Leave a Reply