Calcinha pode dar coceira na vulva se lavada do jeito errado; ginecologista ensina o certo

É comum que, ao contrário dos garotos, as meninas aprendam desde cedo que o ideal é lavar a calcinha a mão durante o banho. Mas há quem não goste muito do trabalho manual e prefira a praticidade da máquina de lavar. Saiba que esse hábito não é prejudicial para sua vagina, mas existe um jeito certo de fazer a lavagem para não ter coceira nem irritação na vulva. Veja qual é a seguir.

Como lavar calcinha para não ter alergia

A ginecologista e obstetra Patrícia Arie, da Clínica Vivitá, explica que é perfeitamente possível lavar a calcinha na máquina sem prejudicar a saúde íntima. Mas para garantir que não haverá alergia, coceira ou irritação na vulva (a parte externa da genitália), é preciso tomar alguns cuidados simples.

Montagem da máquina

O primeiro deles é encher a máquina apenas com calcinhas, sem colocar junto outras roupas do dia a dia, como blusas, meias e pijamas. Essa recomendação é feita principalmente porque a lavagem de calcinha tem que ser mais suave que as outras.

Evite colocar quantidades excessivas de produtos de limpeza na máquina de lavar

Produtos para a lavagem

O segundo é colocar pouca quantidade de sabão em pó na máquina e não usar amaciante. Essa é uma maneira de garantir que não fiquem resíduos desses produtos nas peças. Amaciantes estão entre as principais causas de dermatite de contato na vulva, aquela alergia, que geralmente causa coceira e vermelhidão.

Tipo de lavagem

Outra medida que pode ajudar é investir no duplo enxágue ou em lavagens longas, de acordo com as opções disponíveis em sua máquina de lavar. Isso faz com que a peça seja lavada apenas com água mais de uma vez e ajuda a eliminar restos dos produtos nas peças íntimas.

Secagem

Por fim, estenda a peça no varal – nunca no box – e garanta que o ambiente esteja bem arejado.

Vimos em Bolsa de Mulher

Falando sobre isso

Leave a Reply