Cápsula de melão combate celulite em 60 dias, garante médica; conheça a novidade

O combate à celulite ganha um novo aliado no mercado de tratamentos naturais: o extrato do melão Clipper. Este tipo raro da fruta foi desenvolvido artificialmente por uma empresa com o objetivo inicial de retardar o amadurecimento do alimento. Entretanto, por conter alta concentração de um dos mais poderosos antioxidantes naturais, que reduz os nódulos de gordura e contribui para a ação anti-inflamatória da pele, o produto ganhou uma utilidade alternativa: o combate à celulite. Apesar de o melão Clipper não ser vendido no Brasil, o modelo de cápsulas do extrato da fruta já está disponível em algumas farmácias de manipulação e, segundo especialista, atenua as celulites com 2 meses de uso.

Extrato de melão Clipper

O melão Clipper é uma variação do tipo Cantaloupe descoberta na França há pouco mais de 25 anos. Seu uso para o tratamento contra celulites é ainda mais novo, como explica a endocrinologista Maria Fernanda Barca, de São Paulo, que indica o extrato a seus pacientes. Segundo a médica, já foram apontados resultados positivos depois da ingestão diária das cápsulas por 2 meses.

“É um produto relativamente novo. Temos percebido uma grande melhora nas áreas das coxas e no culote, onde o produto possui maior efetividade, mas ainda não pude acompanhar resultados em longo prazo.”

Melão Clipper é uma variação do Cantaloupe e não é comercializado no Brasil

Antioxidante natural do melão: combate à celulite

A diferença do melão Clipper para os outros tipos está no tempo de amadurecimento da fruta. Por ela possuir uma atividade celular menor, acaba por ter uma “vida mais longa”. Esta é a fórmula certa para chegar à alta concentração de um antioxidante natural, o superóxido dismutase (SOD), que age diretamente na fibrose causadora da celulite.

“A alta concentração deste antioxidante no organismo evita a formação de radicais livres, também. Desta forma melhora o aspecto da celulite e promove uma remodelação da substância que preenche o espaço entre as células nos diferentes tecidos”, explica a médica.

A médica afirma que comer melão do tipo Clipper, simplesmente, não seria suficiente para que um paciente tivesse as celulites atenuadas, caso houvesse esse tipo da fruta no Brasil.

“Como o nutriente que tem o papel de diminuir a celulite está isolado na cápsula, seria preciso uma grande quantidade de melão para que o efeito fosse o desejado.”

Ela afirma ainda que não há estudos que comprovem a eficiência de outros tipos de melão para combater os furinhos na pele. Também não há informações científicas de que cremes e cosméticos que contenham melão na fórmula podem atenuar as marcas da celulite, apesar de a fruta ter poder antioxidante e anti-inflamatório, entre outros benefícios.

Cápsula de extrato de melão: como tomar

Contraindicações 

De acordo com a endocrinologista, não foram observadas contraindicações para as cápsulas. Entretanto, antes de iniciar o tratamento, o ideal é que um paciente procure por orientação médica, para avaliar as condições do organismo e como ele poderá reagir à ingestão do extrato.

Prescrição 

O remédio é vendido em farmácias de manipulação somente com prescrição médica, que pode ser de um dermatologista, endocrinologista ou nutricionista.

Custo 

A indicação é que o paciente tome uma cápsula de 40mg por dia. Em média, o preço de um frasco com 30 cápsulas é R$ 175, segundo informações da endocrinologista.

Vimos em Bolsa de Mulher

Falando sobre isso

Leave a Reply