Cléo Pires: “Perdi o medo de dizer o que penso”

Cleo Pires não tem o menor medo de mostrar sua intimidade ou de ser julgada sobre seus prazeres. “Perdi o medo de falar o que penso”, diz ela.
Em entrevista à “Veja Rio”, ela disse que já fez sexo várias vezes no avião. “Gosto muito de sexo. Assisto filmes pornôs, consumo literatura erótica e tenho vários fetiches, com bondage e shocking (práticas do sadomasoquismo). Também gosto de brincar com facas”.

Sobre drogas:  “É óbvio que já usei. Seria hipócrita se eu negasse, mas hoje só uso recreativa mente”, respondeu.

Em um vídeo sobre questões sexuais, a atriz respondeu série de perguntas na seção chamada “Falo ou não falo”. Questionada sobre ménage, ela respondeu:

“Um não é pouco às vezes, acho que um pode ser bom (risos). Dois, às vezes, fica até demais. Mas dois geralmente é bom, dependendo da segunda pessoa. Três? Só se for com dois homens. Uma outra mulher na minha cama, acho que ia matar ela. Não consigo dividir. Os meus homens são meus”, ressaltou Cleo.

Na conversa, ela também admitiu seu desejo erótico do momento, embora afirmado não ter alguém para praticá-lo: “Uma amiga minha fez uma coleção inspirada nas amarrações sadomasoquistas japonesas. Eu tenho tido essas fantasias, mas não tenho achado ninguém pra fazer comigo”. Ainda de acordo com Cleo, vale tudo entre quatro paredes: “Tudo que esteja combinado entre as duas partes”.

Veja a entrevista completa abaixo:

Vimos em catracalivre

 

Falando sobre isso

Leave a Reply