Coceira lá embaixo: o que pode ser? Entenda causas, como cuidar e mais

Não é exatamente fácil coçar lá embaixo. E às vezes, é como se a coceira surgisse completamente do nada, não é verdade? Saiba que prurido ou irritação vaginal pode ser causada por algo tão simples como o seu período menstrual ou o uso de produtos de higiene. Mas, em outros casos, pode realmente ser um sintoma de problema mais sério.

A revista Women’s Health listou alguns motivos que podem estar fazendo com que sinta coceira na região íntima e quais são as opções de tratamento. De qualquer forma, é sempre melhor visitar o seu ginecologista para um diagnóstico adequado.

Causas de coceira na vagina

Vaginose bacteriana
A VB é a causa mais comum de irritação vaginal e é causada por um desequilíbrio das bactérias saudáveis e uma alteração no pH vaginal. É uma sensação semelhante a uma infecção por fungos, mas, neste caso, a secreção é mais aguada e, geralmente, tem odor. Para o tratamento, um creme de progesterona, muitas vezes funciona.

Infecções fúngicas
Como VB, uma infecção por fungos é, frequentemente, o resultado de pH vaginal desequilibrado. As infecções podem ocorrer de forma aleatória ou após: uso de antibiótico, sexo, estresse, ou uma mudança na dieta (e mulheres com diabetes têm um risco mais elevado). Além de coceira, você também pode perceber corrimento branco ou secreção espessa. A boa notícia é que um simples creme ou comprimido de via oral deve eliminar os sintomas dentro de um dia ou dois. Para evitar infecções recorrentes, abuse de alimentos probióticos.

Dermatites
A irritação da pele pode ser causada por alergias a determinados produtos. Você pode obtê-la através de qualquer formulação com perfumes ou aditivos, incluindo preservativos e lubrificantes. Além da coceira, você também pode observar vermelhidão, inchaço, e espessamento da pele. A dermatite também pode ser resultado da depilação. Se você sabe que é suscetível à irritação vaginal, use produtos de higiene hipoalergênicos, como shampoo, amaciante e detergente para a roupa, tomando cuidado para evitar cosméticos muito químicos, como sabonetes e lubrificantes que irritam a pele. Até o papel higiênico com aroma ou cor pode ser causador do problema.

Eczema ou psoríase
Doenças genéticas da pele, como essas duas lesões tão comuns, também podem causar vermelhidão e coceira na região genital, juntamente com uma aparência irregular ou escamosa. Se for diagnosticada com qualquer uma, cremes esteróides e banhos de aveia podem ajudar a aliviar o desconforto. Consulte seu médico sobre outras opções de tratamento.

DST
Um monte de doenças sexualmente transmissíveis podem causar coceira nas partes femininas, incluindo clamídia, herpes, tricomoníase e gonorréia. Chatos e piolhos pubianos também podem aparecer em mulheres com mais pelos lá embaixo. Em qualquer um dos casos, a coceira (ou sensação de formigamento) pode evoluir para dor e queimação. Se você sentir coceira juntamente com qualquer outro sintomas de DST comum, como ardência ao urinar, corrimento de odor fétido, feridas em seus órgãos genitais, e dor durante o sexo, você procurar um ginecologista para fazer exames o mais rápido possível.

Hormônios
A todo momento que seus níveis de hormônios mudam ou flutuam (como durante o seu período, gravidez, menopausa, ou enquanto estiver fazendo uso de anticoncepcionais), você pode sentir coceira vaginal. Secura é outro indicador de que os hormônios podem ser os culpado por seu desconforto.

Durante o período, tudo que você usa nessa fase do mês como absorventes externos, internos e protetores de calcinha, pode conter fragrâncias ou cores que poderiam causar coceira. Também pode ser difícil identificar se é a sua pílula anticoncepcional que está lhe causando reações. Às vezes, a única maneira de descobrir se a dose é a culpada, é interrompendo a alternativa de contracepção hormonal.

Vimos em Bolsa de Mulher

Falando sobre isso

Leave a Reply