Coceira na virilha: o que pode ser e como acabar com ela?

Bastante incômoda e desagradável, por não permitir alívio discreto e poder gerar marcas desagradáveis, coceira na virilha é bastante comum e relacionada a diversas causas. Confira abaixo os principais fatores que podem desencadear a condição e os tratamentos em cada caso. Vale lembrar, no entanto, que se a coceira na região durar mais de 5 dias ou for intensa demais, um dermatologista deve ser consultado:

Coceira na virilha por alergias

Além de coceira, vermelhidão e escamação podem acontecer por causa de alergias a roupas íntimas. Identificar se determinado tecido provoca o incômodo e evitar seu uso já ajuda a eliminar o problema. Em alguns casos, o uso de pomadas indicadas por um dermatologista pode ser necessário.

Coceira na virilha por micose

Coceira intensa, vermelhidão na pele e até mesmo pequenas bolhas podem surgir em um quadro de micose na região. Loções e pomadas que combatem fungos normalmente são indicadas por médicos para o tratamento. Em casos mais graves, o uso de medicamento oral pode ser necessário.

Coceira na virilha depois da depilação

O crescimento dos pelos após a depilação pode provocar coceira e desconforto que podem ser driblados com usos de hidratantes que aliviam a irritação. Para evitar o problema, faça sempre uma esfoliação antes da retirada de pelos e capriche na higiene nos produtos e utensílios que você usa para se depilar.

Coceira na virilha por candidíase

Além de provocar incômodo e coceira na região íntima, a candidíase ainda pode afetar a virilha. Neste caso, procurar um ginecologista é o mais indicado para solucionar o problema através de pomadas e medicamentos orais antifúngicos.

Vimos em bolsademulher

Falando sobre isso

Leave a Reply