Como o copo menstrual protege você de verdadeiros venenos.

Todos os meses, milhões de mulheres usam absorventes e tampões para conter seu fluxo menstrual. Mas muitas não fazem ideia do risco escondido dentro destes pequenos objetos.

A questão é que absorventes e tampões são feitos de algodão e, durante o processo de produção dessa matéria prima, a indústria usa diversos pesticidas. Como resultado, resíduos destes venenos ficam ainda armazenados nos produtos finais e acabam indo parar dentro da sua vagina.

Este problema foi denunciado recentemente por uma rádio alemã. Os jornalistas usaram como base um estudo feito pela Universidade de La Plata, na Argentina, que comprovou a presença de substâncias perigosas em 85 % de todos os tampões existem no mercado. Além disso, eles também detectaram este perigo em outros produtos de higiene feitos com algodão. Um exemplo é o pesticida conhecido como “Round up”, usado pela empresa Monsanto: ele contém glifosato, uma substância cancerígena.

Estes pesticidas afetam nossa saúde de muitas maneiras: eles podem atacar o sistema nervoso, o sistema imunológico e os órgãos. Além de provocar câncer, eles também são capazes de causar alergias, asma e doenças crônicas. Para alongar a lista, eles ainda podem perturbar o equilíbrio hormonal do corpo e conduzir à depressão. Durante uma gravidez, existe o risco de danos ao embrião, resultando em partos prematuros e abortos espontâneos.

Fora estes problemas, o uso do tampão leva, eventualmente, a uma acumulação de bactérias devido à humidade da vagina, possivelmente resultando na síndrome do choque tóxico (TSS). E isso pode ser fatal. Em setembro de 2015, a nadadora inglesa Jemma-Louise Roberts, de apenas 13 anos, perdeu a vida desta forma.

Mas o que se pode fazer contra isso? Observe as especificações descritas na embalagem e procure se informar melhor sobre o processo de fabricação das suas marcas favoritas. Além disso, você pode usar produtos alternativos, como o copo menstrual. 

O copo menstrual ainda não é amplamente conhecido, mas foi inventado na década de 1930. Em geral, ele é feito de silicone, para evitar alergias. Os copos estão disponíveis em tamanhos e formatos diferentes e têm a capacidade de armazenar entre 15 e 42 mililitros.

A vantagem principal é que você evita a contaminação com os pesticidas, além de contribuir para a preservação do meio ambiente, já que eles são reutilizáveis. Os copos são discretos e podem ser usados durante a prática de esportes, inclusive os aquáticos. Algumas mulheres chegam até mesmo a afirmar que elas têm menos cólicas quando utilizam este produto. E, se o copo for higienizado adequadamente, é quase impossível que você acabe com uma infecção ou com a síndrome do choque tóxico.

Os copos menstruais são um pouco mais difíceis de usar, quando comparados com os tampões. Porém, uma vez que você pega a prática, fica muito fácil. Isso também lhe permite poupar dinheiro, pois o copo menstrual pode ser simplesmente lavado, desinfetado e reutilizado durante anos a fio. O silicone é uma substância muito durável e precisa de poucos cuidados.

Conclusão: esta é uma boa razão para fazer esta mudança! Você protege a sua saúde e também evita danos ao meio ambiente. Procure sempre saber mais sobre os produtos de higiene pessoal que você utiliza. Muitos escondem perigos que você nem imagina e, se depender das grandes empresas, estas informações importantes jamais chegarão aos seus ouvidos.

Vimos em naoacredito

Falando sobre isso

Leave a Reply