Como reconhecer infecções vaginais

Diversas bactérias e algumas células fúngicas estão presentes sempre em uma vagina saudável. Em equilíbrio, esses micro-organismos protegem o corpo e deixa sua região íntima em perfeita harmonia. Infecções vaginais, no entanto, são comuns na vida da mulher e normalmente ocorrem quando a região íntima é infectada por um fungo ou uma levedura, sendo a Candida albicans a mais comum.

Causas de infecção vaginal

As causas de uma infecção vaginal por fungo são variáveis, podendo ser reação ao uso de medicamentos, diabetes, sistema imunológico deficiente, uso de roupas e calcinhas apertadas demais, uso de perfumes ou outros cosméticos na vagina e até mesmo uma higienização feita de forma equivocada, como constantes duchas íntimas.

Como reconhecer infecções vaginais

A intensidade dos sintomas de uma infecção vaginal por fungos pode ser leve ou moderada e alguns exemplos de problemas possíveis de serem reconhecidos são: coceira, alergia e na vagina, inchaço e vermelhidão na região, dores, sensação de ardência ao urinar ou durante relações sexuais e através da presença de secreção branca e sem odores.

Para saber se você está, de fato, sofrendo de uma infecção vaginal, uma consulta com o ginecologista é fundamental. Somente um especialista poderá indicar exames e tratamentos adequados para o seu problema. Cremes antifúngicos e medicamentos orais costumam ser os procedimentos indicados por profissionais da saúde para controlar o problema, entre uma e duas semanas.

O que você sabe sobre saúde feminina?

Estar antenada com sua saúde é uma forma de não ser pega de surpresa com algum probleminha indesejado ou uma doença mais séria. E já que as mulheres têm suas particularidades, elas precisam de cuidados especiais seja durante uma gravidez, seja durante seu período de ovulação. Cuidar da saúde íntima é uma prioridade! Então, teste agora seus conhecimentos sobre saúde feminina.
Vimos em http://www.bolsademulher.com

Falando sobre isso

3 comments

  1. Eu quero grávida mais n com singo

  2. tania delaunay de Mello oliveira

    Muito bom alertar todas mulheres e as meninas. Devemos todo ano ir ao ginicologista e sempre que sentir algum diz conforto.

  3. Otimo conteúdo, identifiquei algo que não sabia. Obrigada

Leave a Reply