Conheça a reconstrução capilar

O próprio nome já dá pistas de que reconstrução não deve ser confundida com hidratação capilar. Essa última, além de hidratar, deixa o fio mais brilhante, macio e, como consequência, ajuda a evitar o aparecimento de pontas duplas e o desbotamento da cor no caso dos tingidos.
Já a reconstrução é realizada com queratina, que é a principal proteína que constitui o cabelo. “Esse ativo funciona como uma espécie de cimento, pois preenche o interior do fio e o envolve por fora, reconstruindo as áreas danificas. Daí a recomendação de fazer o tratamento somente quando o cabelo está muito danificado, a ponto de, sem tocá-lo, identificar que não está nada saudável”, esclarece a terapeuta capilar Dilma Batista, do salão Visage Coiffeur (Rio de Janeiro). Só para ter uma ideia, nessa situação geralmente o fio parece manchado de tão opaco que está, fica áspero, elástico e frágil a ponto de arrebentar ao ser puxado na hora de fazer um coque ou rabo-de-cavalo.
Costuma ficar com a cabeleira nesse estado quem adora torrar sob o sol, faz química em excesso ou de maneira inadequada, usa secador e chapinhas várias vezes por semana ou utiliza aparelhos desregulados ou específicos para profissionais, que aquecem demais. Para quem não sabe, o calor abre as escamas, facilitando a saída de água, proteína e pigmento do interior do fio.
Procure um profissional!
Apesar da queratina ter todo esse potencial reconstrutor, se for usada de maneira exagerada ou sem que o cabelo necessite, ela pode deixar o fio rígido a ponto de partir ao ser penteado. “Daí a importância de consultar um cabeleireiro ou terapeuta capilar de confiança para fazer um bom diagnóstico e, caso você seja candidata à reconstrução capilar, orientá-la sobre o número de sessões e qual o intervalo entre elas”, avisa Dilma Batista.
É bom lembrar que até durante o tratamento em que há a recomendação de usar essa proteína é comum sentir que o cabelo está mais grosso, com pouca maciez e flexibilidade. Mas aguente firme porque passada essa fase começa a de hidratação, necessária para recuperar os lipídeos e a água da fibra e aí, sim, tudo voltar a ficar como antes.

Falando sobre isso

Leave a Reply