Conheça os 9 melhores óleos de cozinha e os benefícios que eles trazem a saúde

Existem diversos tipos de óleos para a cozinha e, na hora das compras, sempre bate aquela dúvida sobre qual é menos prejudicial à saúde, afinal, a ingestão de alimentos ricos em gordura aumenta a probabilidade de ter colesterol alto, doença hepática e doença cardíaca. Para tirar as dúvidas dos consumidores, vamos conhecer os principais óleos utilizados na culinária e suas propriedades.

Os óleos são derivados de fontes vegetais e são extraídos de várias sementes, frutas ou cereais. São livres de colesterol e ajudam a equilibrar as gorduras animais na nossa alimentação, pois contém ácidos graxos essenciais, aqueles que não são produzidos pelo organismo, mas que devem estar presentes na dieta.

Eles são extraídos seguindo dois métodos: prensa fria e prensa quente. Os da primeira categoria são chamados de óleos extra virgens. São próprios para serem usados sem ir ao fogo, em saladas, molhos ou para finalização de pratos quentes. Já os da segunda categoria, são os chamados óleos virgens e podem ir ao fogo para preparar refogados.

Veja aqui a lista dos principais:

Benefícios dos óleos

Azeite de oliva

É um ácido graxo monoinsaturado, que atua na redução dos níveis de colesterol ruim no sangue, enquanto favorece o aumento do colesterol bom. Também atua na prevenção do câncer, especialmente o de mama. É rico em antioxidantes, como a vitamina “E” e também em vitaminas “A”, “D” e “K”.

Óleo de chia

Óleo vegetal rico em Ômega 3, apresenta ação anti-inflamatória, baixo teor de ácidos graxos insaturados, confere benefício à saúde cardiovascular e hipertensão. Auxilia na perda de peso, melhora a saúde mental, cognitiva, os olhos, a saúde da pele e cabelo, além de ajudar a controlar o envelhecimento.

Óleo de coco

Rico em TCM, é um excelente suplemento alimentar que ajuda a atenuar doenças da tireóide, obesidade, má digestão e aumentar a imunidade. É desintoxicante, antifúngico e antibacteriano. Atua na redução dos níveis de colesterol ruim no sangue, enquanto favorece o aumento do colesterol bom. Ajuda na prevenção do câncer.

Óleo de gergelim

É fonte de Ômega-9 e 6. Estudos recentes mostraram que ele pode baixar os níveis de colesterol e hipertensão em humanos e reduzir a incidência de certos cânceres.

Óleo de girassol

Rico em ácidos graxos poli-insaturados e nas vitaminas A, C, D e E. O alto conteúdo de vitamina E torna este óleo especialmente útil para a pele delicada e seca, além de ter ação emoliente, que auxilia na cicatrização.

Muitos óleos atuam na prevenção de doenças cardiovasculares

Óleo de linhaça

Fonte de Ômega-3 e 6, exerce atividade antioxidante, é um regenerador celular, atua na prevenção de doenças cardiovasculares e câncer, inibe inflamações, auxilia nos sintomas da TPM e menopausa, além de atuar na prevenção da doença de Alzheimer.

Óleo de milho

Fonte de ômega-6, previne alterações metabólicas relacionadas com dermatites, perda de peso e arteriosclerose. Contem função antioxidante e atua na redução dos níveis de colesterol ruim no sangue, enquanto favorece o aumento do colesterol bom.

Óleo de canola

Fonte de ômega-6 e 9, atua na redução dos níveis de colesterol ruim no sangue, enquanto favorece o aumento do colesterol bom. Atua na prevenção de doenças cardiovasculares.

Óleo de soja

possui Ômega-6, que reduz o risco cardiovascular, traz benefícios para a gestação, o desenvolvimento visual e cognitivo, além de auxiliar na prevenção da doença de Alzheimer.

Como utilizá-los na cozinha?

  • Na preparação de refogados, grelhados ou cozidos, opte pelos óleos de girassol, canola, gergelim ou milho.
  • Para receitas de massas, bolos, pães e tortas doces e salgadas, a melhor opção é o óleo de coco, que é estável a altas temperaturas.
  • Já óleos como azeite de oliva, chia e linhaça devem ser utilizados frios, pois perdem suas propriedades quando expostos a altas temperaturas. Esses são ideais como tempero, para finalização de saladas.

ótimo para você escolher o melhor Para você e sua saúde !

 

 

Falando sobre isso

Leave a Reply