Criança considerada ‘bruxa’ é abandonada pela família na África

A imagem de um sorriso depois da salvação.
A imagem abaixo mostra o encontro da dinamarquesa Anja Ringgren Lovén –fundadora da Fundação para o Desenvolvimento e Educação de Crianças Africanas com Aids– com um menino nigeriano que foi abandonado por sua família por acreditarem que ele é bruxo. O garoto chama-se Hope (esperança, em português).

Captura de tela 2016-02-19 às 15.59.09

A foto emocionante de Anja dando água à criança foi publicada na fanpage da fundação e já tem mais de 4 mil compartilhamentos. “Milhares de crianças estão sendo acusadas de serem bruxas e nós temos visto tortura e morte delas”, alertou Anja.

Sujo, faminto e extremamente magro, Hope foi levado para um hospital para receber tratamentos e cuidados. Dois dias após sua publicação, Anja conseguiu arrecadar US$ 1 milhão (cerca de R$ 4 milhões) para pagar o tratamento da criança. Foram várias doações vindas de países do mundo inteiro.

Poucas semanas depois, Anja usou sua conta pessoal no Facebook para agradecer as doações e mostrar como está o garoto: uma criança em recuperação que está sendo muito amada e cuidada. “Sua condição está estável agora. Ele está comendo e tendo boas respostas aos medicamentos que toma. Hoje, ele conseguiu sentar sozinho e até sorriu para nós. Ele é um pequeno e forte garoto”, finalizou a mulher.

Veja fotos de sua recuperação:

Recuperação de Hope

Hope depois de uma recuperação ,de muito amor

Falando sobre isso

Leave a Reply