Dieta da Proteína ou Low carb – Vale a pena?

Dieta da proteína, zero-carbo, dieta do Dr. Atkins ou de Dukan. Essas são apenas algumas das diversas dietas para emagrecer existentes, que priorizam a proteína e esnobam o carboidrato.

Até que ponto isso é benéfico? Para qual tipo de público essa dieta é indicada?

São diversas questões feitas, diariamente, com formas tão ameaçadoras, a ponto de quase forçar você a encontrar um ponto positivo nas tais opções.

 

A Importância de Escolher a Dieta Correta

 

Emagrecer pode ser fácil, sim. Qualquer dieta que elimine algum grupo de alimentos, como as dietas das proteínas ou até mesmo “shakes” existentes no mercado, podem fazê-lo perder medidas e alguns quilinhos em pouco tempo.

Porém, nem toda perda de peso é saudável.

Constituído também por músculos e gorduras, nosso corpo tem espaço para cada grupo de alimentos e necessita da contribuição de cada um deles, inclusive da gordura.

O carboidrato tem papel fundamental por ser a fonte imediata de energia ao corpo em forma de glicose. Na sua ausência, o corpo busca nos músculos a energia para continuar o suporte ao sistema do corpo.

Dessa forma, existirá a perda de peso, mas de massa magra, não de gordura.

 

A Proteína Como Protagonista

 

A dieta da proteína se caracteriza, principalmente, por restringir outros tipos de alimentos, como carboidratos, frutas e muitos tipos de vegetais, além de ser pobre em líquido e fibras.

Em contrapartida, a quantidade é liberada.

Alimentos como o bacon, ovos fritos, carnes gordurosas, salames, peixes entre outros são permitidos na dieta da proteína, e na quantidade desejada.

Nutrientes de digestão lenta, as proteínas contribuem para a sensação de saciedade e fazem com que você não faça a ingestão de outros alimentos.

 

Efeitos da Dieta da Proteína

Devido ao grande consumo de alimentos proteicos, é bem comum que a quantidade elevada de gorduras (saturada e colesterol) aumente os níveis ruins do colesterol.

Tal alteração pode ser responsável por fraquezas, desmaios e quadros de tontura, principalmente se você fizer exercícios físicos sem ingerir carboidrato antes do treino.

A perda da massa magra dá a sensação equivocada de emagrecimento e pode frustrar após a não conquista dos resultados ou a aquisição de problemas como a compulsão alimentar após o término da dieta. Além desses, o uso persistente e a longo prazo da dieta pode desenvolver insuficiência renal.

Os efeitos não param por aí. Possíveis de notar no dia a dia, sintomas como o mau humor, desânimo, lapsos de memória e tontura são bem comuns naqueles que estão seguindo uma dieta livre de carboidratos.

 

  A Dieta Dukan

 

Com 100 alimentos no cardápio, a dieta Dukan promete – em fases – fazê-lo emagrecer com o uso apenas de proteínas e vegetais. Contudo, os malefícios podem ser refletidos no esgotamento das reservas de glicogênio muscular, desidratação e desenvolvimento de doenças como gota, problemas intestinas e renais entre outros.
É possível analisarmos que nada radical e que restrinja completamente um grupo de alimentos é benéfico à sua saúde. Todos os grupos de alimentos necessitam fazer parte de nosso cardápio, até mesmo para evitar o surgimento de doenças ou incômodos diários.

Apostar no emagrecimento rápido e acreditar que, embora esteja perdendo músculos, o que vale é apenas a estética e o prazer de ver a balança mostrar um número menor do que o anterior é, sem dúvida, uma forma de perder tempo e sacrificar a sua saúde desnecessariamente.

Por fim, podemos definir que o carboidrato (de preferência integral) é o responsável pela energia e que, sem ele, nosso corpo precisará buscar em outros setores alguém que possa se sacrificar para fazer o papel dele.

Também é interessante saber que, na dieta da proteína, tudo que vem fácil, vai fácil; o corpo se vinga ingerindo em dobro tudo aquilo que você ousou perder.

Portanto, coloque as dietas na balança e busque auxílio profissional para criar a melhor dieta para você com todos os tipos de nutrientes e com algumas pequenas regrinhas que valem a pena seguir, ao menos preservando sua saúde.

 

Este é um site de noticias, curiosidades e tratamentos, ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Falando sobre isso

Leave a Reply