Dores nas costas: mitos e verdades

Sedentarismo e má postura podem causar a tão temida dor nas costas. Mas outros fatores como estresse, sobrepeso e até dormir em um colchão mole demais podem aumentar os sintomas. Veja como evitar esse tipo de dor
Atitudes simples como exercícios físicos e boa postura podem ajudar a evitar a dor nas costas.
Dormir no chão faz bem para a coluna? Será que o estresse causa dor nas costas? Dores na coluna indicam doenças graves? Essas e outras perguntas muitas vezes chegam a preocupar, especialmente quando aquela dorzinha custa a desaparecer. Mas, segundo o fisioterapeuta e diretor da Associação Brasileira de Reabilitação da Coluna, Giuliano Martins, muitos mitos permeiam o assunto e estão inseridos dentro da cultura popular.
Sobrepeso, sedentarismo, má postura e esforço físico em excesso podem causar dor nas costas. E essas dores podem se intensificar com o passar dos anos. “Na verdade todo o corpo sofre um desgaste natural e após os 35 anos nosso metabolismo começa a desacelerar, sendo assim, se a pessoa não se cuida, não tem boa postura, não pratica atividade física, as chances de ter ou agravar as dores são maiores”, explica.
Para evitar aquela dor incômoda, uma boa postura e alimentação são recomendadas, além de exercícios físicos – que são necessários para fortalecer o corpo. É importante procurar um especialista ao primeiro sinal de dor, pois esses incômodos podem indicar diversas enfermidades, como a lombalgia, hérnia de disco e até mesmo, artrose.
Dependendo do diagnóstico, “o tratamento médico pode ser feito com base em medicamentos e procedimentos cirúrgicos. Já o tratamento Psicoterapêutico utiliza técnicas de Eletroterapia, Cinesioterapia, Terapias Manuais​ ​e técnicas de fortalecimento e alongamento“, explica Martins.
E para tirar as principais dúvidas, confira as resposta do especialista às questões mais frequentes:

O estresse pode causar dor nas costas? 

Sim, pode e afeta geralmente a região dos ombros e trapézio – que é o músculo mais tensionado nos casos de estresse e preocupações.

Dores na coluna sempre indicam uma doença grave? 

Não digo grave, mas é sempre importante investigar e tratar o quanto antes, pois quanto mais tarde, mais difícil será o tratamento e muitas vezes, a lesão pode se tornar irreversível.

Dormir em colchões duros ou moles demais, ou no chão, pode prejudicar a coluna? 

Sim. No colchão mole demais a pessoa acaba má posicionada gerando sobrecarga em alguns pontos da coluna e muitas vezes, acorda com a sensação de que “tivesse apanhado” durante a noite devido ao corpo dolorido.
 Já no chão a pessoa não tem um bom posicionamento e acaba se virando muito por não estar em uma situação confortável, o que prejudica muito a qualidade do sono e pode ocasionar dores devido à pressão feita pelo corpo (pontos como ombro e quadril principalmente) contra o chão. Já o colchão mais duro é uma questão de gosto. Eu prefiro e indico sempre de mola ensacada ou espuma com uma densidade própria para o corpo da pessoa.

O repouso prolongado pode aumentar as dores na coluna?

Sim, se estiver mal posicionada. Aliás, não precisa nem ser repouso prolongado, alguns minutos apenas em uma posição inadequada pode gerar tensão, dores e consequentemente, lesão.

O sobrepeso é um dos principais causadores de dor na coluna? 

Sim, como o sedentarismo, a má postura e os fatores hereditários. No caso do sobrepeso, as dores e a lesão são atribuídas a sobrecarga gerada na coluna. Com o excesso de peso, principalmente na região abdominal, ocorre um aumento na lordose lombar e consequentemente, temos a sobrecarga e dor.

Cruzar as pernas pode prejudicar a coluna? 

Sim, se você tiver o hábito de permanecer por muito tempo nesta posição. Com as pernas cruzadas o quadril fica mal apoiado no assento e a coluna se curva para fazer uma compensação, o que pode ocasionar dores com o passar dos anos.

Excesso de exercício físico também pode lesionar e provocar dores na coluna? 

Sim, acontece o que chamamos de overtraining, ou seja, você sobrecarrega as estruturas musculares e articulares, gerando lesão e dor.
 

Estalar o pescoço com o movimento da cabeça faz mal? 

Sim, deve-se evitar este hábito, pois apesar deste estalo gerar alivio, você pode realizar um movimento de forma inadequada e gerar uma lesão.
Vimos em http://arevistadamulher.com.br/

Falando sobre isso

Leave a Reply