Ela vive com um buraco no estômago e inspira o mundo inteiro. Uma história incrível de uma esposa e mãe…

A doença de Сrohn é um processo inflamatório crônico que afeta principalmente o trato gastrointestinal [TGI]. Às vezes, ela pode ser a predecessora de um tumor maligno. É bastante difícil viver com ela, e para piorar, também não é nada fácil compartilhar os seus problemas abertamente, porque os sintomas dela incluem dores severas, diarreia, e em casos mais graves, obstrução intestinal.

1

Para entender o quão difícil é ser um paciente da doença de Crohn, imagine sentir-se cansado o dia inteiro, quando até mesmo 15 horas de sono não são suficientes para descansar. Você se senta à mesa para pegar um pedaço de pão ou qualquer outra coisa, e sente esse pão descendo por seu esôfago como se fosse pedaços de vidro.

Aí, você vai ao banheiro. Pela quinta ou sexta vez em uma hora. Parece engraçado, mas para você não é nada engraçado. Tais “pit stops” se tornam muito exaustivos. E você não tem ninguém para conversar sobre isso. Não é muito educado falar sobre os seus problemas com o banheiro.

2

O nome dela é Crystall Miller, e ela tem uma opinião diferente. Ela ousa falar com franqueza sobre como é viver com a doença de  Crohn. E se sente à vontade para falar sobre isso em sua página do Facebook.

Ela mora na Austrália. Os primeiros sintomas apareceram quando ela era uma menina de 15 anos, e quando completou 22 anos, a maior parte do seu TGI estava tão danificada que teve que ser removida.

Nos últimos 10 anos, ela vive com um buraco em seu estômago ou ileostomia. Esta abertura foi feita cirurgicamente, com um terminal íleo ou com um laço extraído da parede abdominal anterior para formar uma fístula temporária ou permanente.

4

Surpreendentemente, esta ideia de uma história não adulterada teve o apoio de milhares de pessoas em apenas alguns meses. Como a mulher diz, ela acreditava que seria interessante apenas para os americanos, ou para os europeus, na melhor das hipóteses. Mas Crystall mal podia imaginar tais protestos na mídia social. O fato de ela ter passado a ser reconhecida em shoppings centers, a surpreendeu bastante.

A página de Crystall consiste em fotos normais de uma mãe de dois filhos, Lucas — 4 anos e Arabella — 5 meses de idade. Todos os membros da família, incluindo o seu marido — Shannon — amam a mãe e seu corpo.

Nesta foto, Crystall está grávida de 32 semanas. Ela e o marido estão celebrando o aniversário de Lucas. Há um saco de incontinência ao lado dela.

3

Na verdade, levou anos para se acostumar com essa necessidade. Social e psicologicamente é bastante difícil.
“Eu ficava com vergonha. A pior coisa era quando alguém tinha que ir ao banheiro depois de mim. Eu ficava tão nervosa, até que um dia eu compreendi e passei a não dar mais a mínima para isso. Não posso fazer tudo sobre isso, então não há razão para me preocupar”

Desde aquele momento, ela parou de estimar a sua atratividade do ponto de vista de uma mulher com um saco abaixo da barriga.  “Entendi que ao olhar para outras mulheres, não vemos os seus defeitos imaginários.”

Mas mesmo depois disso Crystall não parou. Ela também compartilha conselhos de imagem com garotas que têm a mesma doença, e diz como se sentir confortável com um saco em seu estômago.

5

Agora, a mulher está estudando para se tornar gastroenterologista. “Vai haver vezes em que será difícil, mas vai dar tudo certo”, esta é a mensagem dela para todas as pessoas que sofrem com a doença de Crohn.

Este é um site de noticias,curiosidades e tratamentos,ele não substitui um especialista.Consulte sempre seu médico.

Falando sobre isso

Leave a Reply