Stella Bulochnikov, que faz parte da assessoria de Mariah, diz que comunicou a Mark Shimmel, da produção, que os fones de ouvido da artista não estavam funcionando e a equipe sabia e não preparou a cantora. Stella ainda conta que a artista reclamava muito durante a apresentação dizendo que algo estava errado: “Eu devia ter tirado ela fora. Isso foi sabotagem”, declara Stella. Na carta ela exige um “pedido de desculpas” e informa que a famosa pode entrar na justiça exigindo seus direitos legais. À coluna, Stella explicou que ao perceberem que tudo saiu errado, eles fizeram parecer que era um acidente, mas devem desculpas à cantora

A Dick Clark Productions se diz indignada com o pedidos de desculpas exigido pela equipe da cantora. Segundo eles, tudo isso caracteriza-se “difamação” e não passa de um absurdo. Representantes da empresa afirmam que pode ter havido algum erro técnico, mas foi feita uma investigação minunciosa pela DCP e claramente indicou que não houve responsabilidades sobre como a cantora conduziu seu show. Segundo eles, a artista merece todo o respeito da produtora.

Mariah Carey também se pronunciou sobre o fiasco pelo qual passou dizendo que tentou levar na esportiva e preferiu deixar o público cantar à capela. Algumas vezes até tentava cantar, mas não conseguia e preferiu sair do palco dizendo: “Acho que não fica melhor que isso”. Após o show, a cantora se pronunciou em seu Twitter.