Erro de tintura que você também deve cometer deixa jovem inchada e sem enxergar

Procedimentos estéticos, mesmo os mais simples, quando realizados em casa ou, pior, em salões e clínicas com profissionais não qualificados podem causar não apenas danos à aparência, como também é capaz de provocar sérios riscos à saúde, em alguns casos até mesmo irreversíveis.

E foi exatamente isso o que aconteceu com Dinya Rasool após tentar tingir em casa seus cabelos. Em entrevista ao site do jornal “Daily Mail”, a jovem relatou seu sofrimento que a deixou parecendo com “o monstro de Frankenstein”.

Dinya já havia experimentado anos antes uma alergia à tintura contendo amônia e, durante muito tempo, evitou mudar a coloração dos cabelos. No entanto, imaginando que sua reação alérgica tinha acontecido por causa da amônia, decidiu apostar em um cosmético livre da substância.

Em casa, ela passou a tintura nos cabelos e começou a sentir um comichão no couro cabeludo cerca de 20 minutos após o procedimento. Com medo de sofrer nova alergia, ela correu para lavar os fios, mas em pouco tempo ela já sentiria o impacto da reação, experimentando inchaço que fez seu rosto ficar três vezes maior do que o normal.

No hospital, Dinya recebeu morfina, anti-histamínicos e corticoides. Além do inchaço, a jovem sentia fortes dores no rosto, sofreu com pus no couro cabeludo e chegou a ficar temporariamente cega dos dois olhos durante horas.

Para o jornal, ela conta que os médicos afirmaram que, se ela não tivesse corrido ao hospital, a alergia poderia ter sido fatal. Hoje, Dinya lamenta não ter seguido um simples procedimento de teste presente na embalagem da tintura de cabelo e prometeu nunca mais mudar a cor dos fios.

O erro da jovem é bastante comum e muitas mulheres sequer observam composições, instruções e recomendações dadas pelos fabricantes nas caixas de tintura para os cabelos. As indicações costumam variar de acordo com cada produto, mas basicamente pedem os mesmos cuidados.

O teste de alergia para tintura de cabelos consiste basicamente em espalhar uma pequena quantidade do produto na parte interna do braço, esperar cerca de 10 minutos e retirar com água. Depois de 24 horas, se a região não aparece afetada com vermelhidão e não foi atingida por inflamação ou qualquer erupção na pele, ela pode ser usada sem problemas.

Vale ressaltar, no entanto, que se a mulher perceber alguma reação alérgica ao produto, por mais simples que pareça, deve abandonar o cosmético e consultar um médico antes de realizar qualquer procedimento.

Falando sobre isso

One comment

  1. Aconteceu exatamente isso comigo ?

Leave a Reply