Especialista em emagrecimento indica alimento que você provavelmente evita

Quem começa a fazer uma dieta normalmente corta completamente do cardápio qualquer alimento que seja considerado fonte de gordura, sem sequer imaginar que ela é essencial para a perda e manutenção do peso.

Deixar de comer gordura não emagrece

Rodrigo Polesso, especialista em emagrecimento e criador do programa Código Emagrecer de Vez, explica que banir totalmente as gorduras do menu é um caminho errado para quem quer emagrecer. Existem muitos estudos que comprovam que, para perder peso, deve-se cortar o consumo de carboidratos refinados e processados e manter o de gorduras, desde que sejam de alimentos verdadeiros, ou seja, aqueles mais naturais possíveis.

Segundo o profissional, pesquisas recentes mostram que os níveis de gorduras saturadas são inversamente relacionados à incidência de diabetes tipo 2, que é causada pela disfunção na produção do hormônio insulina, enquanto que os níveis dos ácidos graxos relacionados ao consumo de amido, açúcar e álcool, estão fortemente associados ao desenvolvimento deste tipo de doença.

Gordura pode fazer bem para a saúde

O especialista comenta que a crença de que o consumo de gordura leva a problemas cardíacos existe por pesquisas desatualizadas realizadas há 30 anos. Em 2014, segundo Polesso, o erro de condenar a gordura foi corrigido após a revisão de 76 estudos com mais de 600 mil participantes de 18 países, que chegou à conclusão de que nem as gorduras poli-insaturadas e nem as saturadas possuem qualquer relação com doenças cardiovasculares.

Por que comer gordura ajuda na dieta?

De acordo com Polesso, existem três macronutrientes nos alimentos: gorduras, proteínas e carboidratos. A gordura é o que tem o menor impacto na glicemia e na produção da insulina que, desregulada, cria no corpo a condição de acumular tecido adiposo. O consumo de gordura também induz à saciedade, fazendo com que a pessoa evite exageros nas refeições e comer fora de hora.

A ingestão de alimentos ricos em gordura saudável, como carnes, óleos, sementes, oleaginosas e até frutas, como o abacate, pode ajudar o corpo a se reprogramar para justamente não acumular gordura. Quando se corrige o consumo de carboidratos, ele começa a desbloquear a queimar gordura em vez de queimar apenas açúcar, liberando as travas hormonais que dificultam o emagrecimento.

Vimos em vix

Falando sobre isso

Leave a Reply