Essa senhora de 101 anos cuida de seu filho de 63 deficiente e dá aula de amor

Com um filho que não consegue andar, falar e nem se alimentar sozinho, essa idosa moradora de uma comunidade em Kampung Bukit Nambua, na Malásia, prometeu a si mesma de que jamais o desampararia. E assim foi.

Mesmo com a morte de seu marido, quando ela tinha 101 anos, ela assumiu para si, sozinha, a responsabilidade de cuidar do caçula, de 63 anos, e que é totalmente dependente de terceiros, por causa da sua deficiência.

Pouco antes de falecer, ela desabafou dizendo que nunca foi fácil essa tarefa. Ele é adulto, mas eu não me importo, eu sempre vou cuidar dele porque ele é a única pessoa que eu tenho no mundo e eu o amo acima de todas as coisas. E também quero que ele aproveite o tempo que falta“.

Em meio a desafios econômicos, agravados pela perda do marido, ela também teve em suas lembranças a morte de seus dois filhos mais velhos. Ao ser questionada sobre o grau de sacrifício que encontrava, ela sempre afirmou firmemente de que nunca foi um incômodo para ela assumir essa responsabilidade e ter se dedicado a cuidar do seu filho.

Bem Mais Mulher

Mas o peso da idade e um problema respiratório impediram que ela pudesse ajudar seu filho por muito tempo. Ela faleceu aos 101 anos e alguns parentes que a ajudavam esporadicamente, acolheram Abdul, seu filho.

Que finalmente ela possa descansar em paz.

Vimos em perfeito.guru

Falando sobre isso

Leave a Reply