Esse parque de diversão bizarro costumava entreter americanos ricos. Isso é chocante!

Estas fotos provam que, mesmo antigamente, algumas pessoas tinham um conceito único de “entretenimento”. As fotos são de 1907 e mostram um tipo muito peculiar de parque de diversão. Aqui, três jovens mulheres estão sentadas no meio de um rio sendo entretidas por jacarés.

"Women dine in a pond filled with alligators at the California Alligator Farm. Courtesy of the Los Angeles Public Library Photograph Collection."

Antigamente, esta “Fazenda de Jacaré” era um destino turístico conhecido em Los Angeles, Califórnia (EUA). Visitantes podiam observar os jacarés de perto, alimentá-los com galinhas vivas, e ver demonstrações deles criando trabalhos artísticos. Elas também tinham a chance de montar e passear pelo parque em jacarés com selas. A loja de souvenir tinha uma grande variedade de produtos feitos com couro de jacaré, como sapatos, bolsas e maletas.

LADY WITH TOOTHBRUSH AND ALLIGATOR!

A maioria das pessoas não tinha medo dos animais. Até mesmo crianças podiam “brincar” com os répteis. A maioria dos jacarés mantidos no parque nasceram em cativeiro.

O dono da fazenda, Francis Earnest, e seu parceiro, Joe Campbell, mantiveram a atração até 1953. Earnest era, na verdade, treinado como cozinheiro e trabalhou em uma cafeteria antes de decidir domar animais selvagens.

vintage florida photographs - Google Search

O comportamento dos visitantes deve ter aguçado a curiosidade dos jacarés.

O conceito de “direito animal” não era conhecido naquela época, então qualquer animal que causasse problema simplesmente levaria um tiro na mesma hora.

Florida Memory - Woman playacting with alligators.

Os visitantes tiravam fotos com os répteis e não estavam nem aí para nada. Os jacarés eram mantidos em coleiras e eram tratados quase como brinquedos.

Between the years 1907 and 1953, Los Angeles had an Alligator Farm that was located at 3627 Mission Road in Lincoln Heights. This photo was taken in 1923. Bizarre Los Angeles #Los Angeles History

Vimos em naoacredito

Falando sobre isso

Leave a Reply