Esta mãe estava descascando batatas quando um barulho alto a deixou sem ar. Era a filha dela.

Quando Amber Boone, de Idaho, EUA, colocou a filha de três anos, Aubrey, na cama, ela não tinha nenhuma preocupação no mundo. O quarto da filha dela tinha uma variedade de aparatos de segurança para protegê-la de bater a cabeça em quinas ou tropeçar no escuro. Mas, infelizmente, os pais esqueceram de protegê-la do perigo mortal da queda.

Quando Amber desceu para cuidar dos afazeres do lar, ela ouviu um barulho chocante vindo do lado de fora. Era o pior pesadelo dos pais: o som que ela ouviu foi a filha dela caindo da janela do andar de cima.

A vizinha dela tinha visto, mas não teve como evitar. Por algum motivo Aubrey tinha saído da cama e ido para a janela. Em algum momento ela deve ter se inclinado e caído. A vizinha viu tudo acontecer e rapidamente informou à Amber. A mãe correu para o lado de fora em pânico e, para seu horror, encontrou o corpo machucado da filha no chão.

Eles levaram a pequena para o hospital onde foi confirmado que ela tinha uma fratura no crânio, um braço quebrado e contusões por todo o corpo. Mas, felizmente, Aubrey sobreviveu e seus ferimento se curaram. Agora ela está quase nova em folha e, mesmo tendo levado um bom tempo, sua fratura no crânio também cicatrizou.

A triste verdade é que esse acidente poderia ter sido evitado. Cerca de 3.000 crianças sofrem lesões ao caírem de janelas a cada ano, mas a maioria das pessoas não tomam uma precaução, talvez porque elas pensem que fechar a janela já seja seguro o suficiente. Mas simplesmente adicionar algumas barras (ou tela de segurança) pode ser a diferença entre um cômodo seguro e outro potencialmente mortal.

Não existe o termo “precavido demais” quando se trata dos seus pequenos, especialmente se você mora em apartamento ou uma casa com mais do que um andar. Nós fazemos absolutamente tudo para garantir que nossas crianças não alcancem facas afiadas e não rolem escada abaixo, então, por que não tomar precaução com relação às janelas? A história de Aubrey é trágica, mas também pode nos ensinar uma importante lição: ser responsável por uma criança é estar atento 24 horas.

Vimos em naoacredito

Falando sobre isso

Leave a Reply