Estresse pode aumentar seu corrimento e afetar sua saúde íntima

Ter corrimentos é completamente normal desde que ele esteja dentro dos padrões da normalidade. Alguns fatores externos, como o estresse, por exemplo, podem alterar o aspecto ou a quantidade da secreção e desencadear outros problemas.

Ter corrimento é normal?

Secreções vaginais são naturais e formadas por material de degradação do meio vaginal. O padrão de normalidade – cor, textura, odor, quantidade – varia de acordo com a fase do ciclo menstrual. No entanto, desconforto, cheio forte e cores escuras como verde e amarelo podem ser sinais da manifestação de algum problema.

Além das DST’s – doenças sexualmente transmissíveis- e das doenças causadas por bactérias ou fungos, a qualidade de vida também pode influenciar na saúde vaginal. “Tudo que altera a condição do ph da vagina pode causar corrimento”, explica a ginecologista e obstetra Flávia Fairbank.

Estresse aumenta o corrimento?

O estresse, além de alterar outras áreas do corpo, como o cérebro, alterando a memória e a capacidade de concentração ou o estômago, causando azia, gastrite e úlcera, também influencia o funcionamento da região genital.

De acordo com a ginecologista, o problema está relacionado à liberação de hormônios. “Quando uma pessoa está com estresse negativo, ela libera muito cortisol, substância que influencia na conversão do glicogênio em ácido lático deixando o ambiente vaginal muito mais ácido. Essa ação pode aumentar a quantidade do corrimento”, explica.

Cuidados

Além das consultas de rotina para eliminar qualquer possibilidade de doenças, Flávia diz que uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis – como tempo correto de sono, momentos de diversão e atividades físicas – são essenciais para um perfeito funcionamento do corpo e, consequentemente, da vagina.

Vimos em http://www.bolsademulher.com

Falando sobre isso

One comment

  1. Tem algo que posso fazer para parar o corrimento ? Remédio ou tratamento ?

Leave a Reply