Um estudo realizado na Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, revelou que o uso de anticoncepcionais pode estar danificando o cérebro. Para concluir a pesquisa, 90 mulheres foram divididas em dois grupos. 44 tomavam as pílulas regularmente e 46 que não.

A partir das observações, os especialistas concluíram que as duas regiões específicas do cérebro, o córtex orbitofrontal lateral (que regula as emoções) e o córtex cingulado posterior (relacionado a memória), tendiam a ser mais finos nas mulheres que tomavam o contraceptivo oral

Os cientistas ainda não determinaram se estas alterações neurológicas são permanentes. Agora, eles vão se dedicar para descobrir se os comportamentos podem ser alterados pela pílula.

Vimos em https://queminova.catracalivre.com.br/