Ex-integrante do Raça Negra vive há 10 anos nas ruas por conta das drogas

Quem se lembra dos sucessos do Raça Negra nas décadas de 1980 e 90 não poderia imaginar que um ex-integrante da banda estaria vivendo nas ruas há 10 anos. O motivo? Problemas com drogas.

Estamos falando de Edson Café (na foto acima, o primeiro da esquerda para a direita, embaixo), compositor de “Oi Estou te Amando”. Ontem, dia 7, o programa “Câmera Record”, da TV Record, mostrou como o músico está hoje em dia.

“Antigamente, há um tempo atrás, eu dormia em hotéis cinco estrelas. Hoje em dia, eu durmo na praça olhando para as estrelas. Tem dia que eu almoço e num janto. Tem dia que eu janto e não almoço”, afirmou Café.

Edson Café (divulgação/Record)

Edson Café (divulgação/Record)

O programa “Câmera Record” mostrou como está o músico Edson Café, ex-integrante da banda Raça Negra e morador de rua há 10 anos

Edson participou da fase de maior sucesso do grupo, nos anos 1990, quando as canções “Cigana” e “Cheia de Manias” figuravam entre as mais tocadas nas rádios do Brasil.

O “Câmera Record” acompanhou os passos do músico na rua durante 60 dias. Edson Café foi excluído do grupo por problemas com drogas. “Eu não abandonei minha família. Eu me autoabandonei”, confessa.

Vimos em Catraca Livre

Falando sobre isso

Leave a Reply