Facebook pode causar depressão, diz estudo

Passar muito tempo nas redes sociais, como o Facebook e Instagram, faz com que as pessoas fiquem expostas a comparações com a vida dos outros, o que pode afetar a autoestima e levar até mesmo à depressão. A informação é de um estudo divulgado pela Universidade de Houston e publicado no Journal of Social and Clinical Psychology.

Segundo o estudo, isso acontece porque as pessoas viciadas em Facebook comparam suas vidas e têm sempre a sensação de que lhes falta algo. Ou, como diz um velho ditado, “a grama do vizinho é sempre mais verde”.

“Se levarmos em conta que nas redes sociais costumam-se postar somente acontecimentos positivos e coisas boas, um comparativo virtual pode intensificar extremamente o olhar negativo sobre si mesmo, aumentando sensações de menos valia, solidão e incapacidade, já que uma das características das pessoas deprimidas é a baixa autoestima e a visão pessimista”, diz a psicóloga Daniela Faertes, especialista em mudança de comportamento.

Dados da pesquisa

Durante duas semanas foram analisadas cerca de 150 pessoas entre 18 e 42 anos, todas usuárias de redes sociais com acesso diário. Elas responderam um questionário que avaliou o nível de comparação social e os sintomas de depressão, levando os pesquisadores à conclusão de que as que utilizam o Facebook diariamente costumam se comparar mais aos amigos e apresentam sinais como tristeza e falta de esperança num futuro melhor.

Apesar disso, a psicóloga diz que não é possível concluir ou generalizar o uso das redes sociais como algo negativo. “Para alguém que já possui alguma predisposição, ou algum tipo de gatilho pessoal negativo, as redes sociais podem ser sim um fator que compõe o início de um quadro de depressão”, afirma .

Internet faz mal?

Ela explica ainda que a depressão é um transtorno psiquiátrico que pode surgir devido a fatores biológicos e/ou psicossociais. E a dependência tecnológica pode levar a um isolamento interpessoal que pode ajudar a precipitar um quadro depressivo. “O que faz a diferença é a forma como a pessoa vai utilizar essas ferramentas e como interpretará as informações que receber a partir dali”, finaliza.

Algumas dicas ótimas de como se comportar nas redes sociais,para não ser prejudicados e não prejudicar os Amigos

A rede social transmite nossa imagem o tempo todo e podemos dizer que é um espelho do que somos no dia a dia. Claro que a imagem será boa ou ruim de acordo com aquilo que você escreve ou compartilha para sua rede. Tenho certeza que muitas vezes, você conhecendo a pessoa ou não, já fez um raio-x do perfil dela antes aceitar a solicitação de amizade, certo?  E acredito que em algum momento deve ter se deparado com um perfil e dito: “Nossa, olha o que essa pessoa escreveu!” ou “Como essa pessoa coloca uma foto assim”, e assim nós todos julgamos e criamos uma primeira imagem das pessoas.
A velocidade que uma postagem ou foto pode correr pela internet é impressionante. Tivemos exemplos de frases ditas por comediantes, apresentadores de televisão, entre outros, que a internet não esquece. Isso vale também para diversos vídeos que circulam na web. Um deles é “Menos Luíza que está no Canadá” e os “Pôneis Malditos”.
Profissionalmente falando, a imagem e como a pessoa se porta nas redes sociais em geral, são julgadas até mesmo em entrevistas de emprego e no decorrer dos dias em que você está atuando na empresa. Segundo a pesquisa realizada pela empresa de recrutamento Robert Half, 44% das empresas brasileiras desclassificam candidatos a uma vaga de emprego devido à má utilização das redes sociais por parte de quem pretende ser selecionado. (Fonte: PEGN)
Somos sempre julgados pelas pessoas por aquilo que fazemos, que falamos, que somos, o que postamos e o que compartilhamos.
Vou te dar algumas dicas de como utilizar bem as redes sociais, principalmente o Facebook, para cuidar da sua imagem.
  • Não fale ou evite o máximo de falar palavrões.
  • Não fique dando indiretas para pessoas em seu mural. Não esqueça que todos seus outros amigos também verão.
  • Evite ficar difamando ou compartilhando piadas de times de futebol adversários.
  • Não faça comentários ou brincadeiras preconceituosas. Seja de raças, religião, opção sexual.
  • Não use as redes sociais para falar mal da empresa onde trabalha, de seu chefe ou de ter aparecido mais serviços de última hora.
  • Cuidado com suas fotos. Imagens com bebidas alcoólicas, fumando, empinando moto, entre outras, podem contar pontos negativos.
  • Cuidado com os erros de ortografia. Não é porque está em uma rede social que pode escrever de qualquer forma.
  • Evite publicar onde você está e com quem está. Isso pode ser totalmente inseguro para você se alguém de má índole tirar proveito disso.
  • O Facebook, Linkedin, Twitter são excelentes oportunidades para fazer contatos profissionais. Algumas redes possuem grupos de discussão dos mais variados temas com interação de pessoas do mundo todo e pode ser muito produtivo.
  • Seja você mesmo! Não tente parecer o que você não é. Cedo ou tarde as pessoas saberão a verdade.
  • Não fique compartilhando fotos de pessoas e animais mortos, judiados, entre outros.
VOCÊ SABIA QUE QUANDO FALAMOS EM CAIXA ALTA PASSAMOS IMPRESSÃO QUE ESTAMOS FALANDO EM VOZ ALTA E CHAMANDO A ATENÇÃO DE ALGUÉM?
Agora veja a diferença:
Você sabia que quando falamos em caixa alta passamos a impressão que estamos falando em voz alta e chamando a atenção de alguém?
Você pode usar a caixa alta quando for realçar a importância dela e chamar a atenção de quem lê.  Mas evite usar o tempo todo.
Poste ou compartilhe coisas relevantes para seu grupo de amigos. Isso aumenta e te ajuda na reputação.
  • Tenha um pouco de humor. O equilíbrio é essencial e pessoas 100% sérias o tempo todo não existem e acabam sendo chatas.
  • Cuidado com os excessos de publicações e marcações de pessoas em muitas fotos.
  • Evite ao máximo de convidar seus amigos para jogos online.
  • Evite ao máximo de ficar convidando para diversos eventos.
  • Cuidado com as páginas que você curte. Pessoas que vão até suas “opções curtir” podem saber mais coisas sobre você, o que você gosta e onde frequenta.
  • Seja atencioso sempre, com todas as pessoas. Isso vai te ajudar a manter uma boa reputação.
  • É permitido você compartilhar algo que seja sua visão política, mantendo o respeito.
  • Compartilhar sobre um filme que você tenha assistido e com ele tenha aprendido algo de bom.
  • Compartilhe um livro que você leu e gostou.
  • Postar o que você está comendo, ou num restaurante, com cautela é legal porque as pessoas vão interagir com você.  Só não fique publicando todas as suas refeições do dia, da semana, do ano.
Você não precisa abandonar seu perfil ou deixar de usar as redes sociais, mas você tem de usar de forma correta para que não seja prejudicado profissionalmente ou em sua vida pessoal. Ficar fora da rede social é atraso, você pode tirar bons proveitos e concretizar negócios através dela. Eu mesmo já fiz muitos negócios graças às redes sociais, fiz muitos amigos e consigo ter contato com outros que vejo com pouca frequência.
Lembre-se sempre que as pessoas ás vezes esquecem algo que dizemos ou fazemos. Mas tudo que você faz ou diz na internet, A INTERNET NÃO ESQUECE.
Dicas de http://www.rafaelivanhes.com

Vimos em http://www.bolsademulher.com

Falando sobre isso

Leave a Reply