Falsa carta de Brad Pitt engana equipe do programa “Encontro com Fátima”

O clima ficou tenso nos bastidores do “Encontro com Fátima” no meio da tarde desta quinta-feira (4).  Por volta das 16h, vários e-mails chegaram à equipe que cuida da página oficial do programa informando que a carta lida pela apresentadora sobre uma suposta fase turbulenta do relacionamento de Brad Pitt e Angelina Jolie, atribuída ao ator, é falsa.

Fátima Bernardes já não estava mais na emissora quando surgiram os primeiros recados, mas os diretores marcaram uma reunião com a roteirista do quadro para saber o que tinha acontecido e onde ela tinha visto a mensagem.
O UOL procurou a Comunicação da Globo que informou que a produção do “Encontro com Fátima” está averiguando e, se for o caso, o assunto deve ser retomado no programa desta sexta-feira (5).
O conteúdo da suposta carta surgiu em junho de 2013 na página do Facebook de uma revista nigeriana. Logo depois, várias publicações internacionais desmentiram que a carta seria de autoria de Brad Pitt. Na época também um porta-voz do ator norte-americano teria negado o fato ao site Snopes, especializado em desmentir lendas urbanas e mitos da internet.
Fátima Bernardes leu a carta no programa desta quinta-feira (4) e não mencionou os nomes dos envolvidos na mensagem. Ela começou a contar detalhes de um período difícil que o autor passou com a mulher, que estava infeliz na vida pessoal e no trabalho.Mas, com a leitura e já emocionada, a apresentadora revelou que o autor da carta era Brad Pitt e citou uma frase “A mulher é o reflexo do seu homem. Assinado Brad Pitt”.
A apresentadora ainda mostrou imagens do recente casamento dos dois astros do cinema internacional. “Brad e Angelina oficializaram a união de nove anos, seis filhos, três adotados. Em qualquer união tem que haver  a disposição para uma retomada”, concluiu Fátima. O psicanalista Moisés Groisman, convidado da produção, também comentou em cima da suposta carta: ‘A mulher é também o reflexo do casamento”.
Veja a íntegra da carta atribuída a Brad Pitt.
“Minha esposa ficou doente. Ela estava constantemente nervosa por causa de problemas no trabalho, vida pessoal, suas falhas e problemas com as crianças. Ela perdeu 13 quilos e pesava cerca de 40 aos 35 anos. Ela ficou muito magra e estava constantemente chorando. Ela não era uma mulher feliz. Ela sofria de constantes dores de cabeça, no coração e tensão muscular nas costas e nas costelas. Ela não dormia bem, pegava no sono apenas de manhã e ficava cansada rapidamente durante o dia. Nossa relação estava prestes a chegar ao fim. Sua beleza a estava deixando, ela tinha olheiras, cabelo embaraçado, e parou de se cuidar. Ela se recusou a gravar filmes e aceitar papéis. Eu perdi a esperança e pensei que nós iríamos nos divorciar…
Mas então eu decidi agir. Afinal, eu estava com a mulher mais bonita do mundo. Ela é ideal para mais da metade dos homens e mulheres do planeta, e eu era o único que tinha permissão de dormir ao lado dela e abraçá-la. Eu comecei a mimá-la com flores, beijos e elogios. Surpreendia-a e agradava-a a cada minuto. Dei vários presentes e vivi apenas para ela. Falei em público a respeito dela. Ligava todos os assuntos a ela. Eu a elogiava na frente dela e de nossos amigos em comum.
Você não vai acreditar, mas ela floresceu. Ela se tornou uma pessoa ainda melhor do que antes. Ela ganhou peso, não estava mais nervosa e começou a me amar mais do que nunca. Eu não tinha ideia de que ela poderia me amar tanto assim. E eu percebi uma coisa: a mulher é o reflexo de seu homem”.
Vimos em uol.com.br

Falando sobre isso

Leave a Reply