Faz mal passar hidratante comum na virilha e região íntima?

Preocupadas com possíveis cheiros ruins na região íntima, muitas mulheres acabam usando perfumes, talcos e outros produtos que não são desenvolvidos especialmente para a área, sem saber que podem provocar alergias e outras complicações que prejudicam a saúde da vagina. É preciso, portanto, sempre tirar dúvidas com um médico e ficar atenta ao que pode ou não passar perto da região.

Hidratante na virilha faz mal?

Para deixar a pele macia, clarear a região ou mesmo garantir um perfume, o hábito de passar hidratante comum na virilha não é vetado por especialistas, desde que a mulher siga algumas orientações importantes.

Antes de aplicar o produto na virilha, área em que a pele é mais sensível, vale fazer um teste em outra região do corpo para saber se ele não causa algum tipo de alergia ou irritação. Depois de passar o hidratante é preciso ainda esperar que ele seja completamente absorvido pela pele antes de vestir calcinha e calça, pois a umidade gerada pelo abafamento pode deixar a área atraente para fungos e bactérias.

Pode passar hidratante na vagina?

Se o hidratante comum pode ser utilizado na virilha, o mesmo não pode acontecer com a vagina. Nenhum tipo de produto, aliás, deve entrar em contato com a região íntima, segundo especialistas. Cremes, perfumes, talco ou mesmo sabonetes comuns podem provocar irritação, alergia e outros problemas mais graves para a saúde feminina.

Usar hidratantes como lubrificantes na hora do sexo tampouco é recomendável. Além de poder causar irritações, o produto, não desenvolvido para a finalidade, também pode comprometer a eficácia da camisinha. Apenas lubrificantes especiais para o sexo, à base de água, devem ser adotados.

Cheiro na vagina é normal

Secreções expelidas pela vagina, incolor e sem odor incomum, quando não acompanhadas de irritações, dores ou ardências são comuns e naturais. Composta por células mortas e produtos da degradação do meio, a secreção naturalmente tem um cheiro e quase imperceptível e pode mudar de acordo com cada fase do ciclo menstrual.

No entanto, quando o cheiro presente na região íntima for forte demais, diferente do habitual e causando incômodo pode ser sinal de que algo não vai bem com a saúde da vagina e um médico precisa ser consultado.

Vimos em vix

Falando sobre isso

Leave a Reply