Fernanda Gentil é alvo de homofobia nas redes sociais

Apesar do grande apoio que vem recebido nas redes sociais, Fernanda Gentil também está conhecendo o ódio dos homofóbicos. Após assumir seu namoro com a colega de profissão Priscila Montandon, a jornalista do Esporte Espetacular tem recebido milhares de mensagens em suas contas no Facebook e no Instagram.

À coluna “Gente boa”, do jornal O Globo, Fernanda disse: “Estou só exercendo meu direito de ser muito, muito feliz”. Mas o argumento não parece ter sido suficiente para todo mundo, que insiste em meter o nariz onde não é chamado.

Veja abaixo alguns dos comentários homofóbicos:

“Eu sabia que não ia demorar pra globo colocar uma turma .. dizendo que é familia para tentar nos convencer que isso é normal. . NUNCA SERÃO”

“Eu é Que Não Dou Audiência a Esse Tipo de Coisa, Até Gostava do Programa, Mas Agora não perco mais meu tempo, apoiando esse tipo de contradição natural!”

“Ainda bem q vc já formou sua família… Pois com esse novo relacionamento,nada será alterado”

“putzzz não sou descriminador,mais vc passa o ano todo falando de feliz com filho e marido uma família feliz e tu vem com essa papo de trocar o marido por um consolo putzz. Boa sorte”

“nojo”

“sapatão”

O que você responderia a eles?

Não é a primeira, nem a última

Para quem não se lembra, em maio deste ano, a atriz Bruna Linzmeyer, enfrentou situação parecida, quando foi alvo de ataques homofóbicos nas redes sociais ao assumir namoro com outra mulher.

Caráter

Em outubro, em novo comentário preconceituoso, um dos seus seguidores na internet questionou qual referência masculina que a apresentadora esperava que o filho dela tivesse. Ela respondeu (VRA!) finamente: “As referências do meu filho não vêm de gêneros e sim de caracteres”, disse ela, que ganhou o apoio de outros seguidores. Depois brincou com internautas dizendo ter ficado na dúvida sobre a forma correta de escrever o plural de caráter.

Vimos em catracalivre

Falando sobre isso

Leave a Reply