Fernanda Souza reduz mamas para evitar complicações de saúde futuras; entenda

? por @dudufarias para @cosmopolitan.br

A photo posted by F e r n a n d a S o u z a (@fernandasouzaoficial) on

Fernanda Souza revelou por meio de sua conta no Snapchat que fez uma cirurgia de redução de mama para evitar futuros problemas de saúde. De acordo com a atriz, esta era uma cirurgia que ela já queria fazer há um tempo, mas não tinha coragem.

Mamas muito grandes e problemas de saúde

O cirurgião-plástico Allan Bernacchi comenta que a mamoplastia redutora é comum em mulheres que têm mamas grandes e que ela pode, sim, contribuir para a saúde da coluna. “Às vezes as mamas crescem demais, pode ser de família, componente hormonal e, por isso, algumas mulheres optam por poupar as costas”, explica.

Pode não parecer, mas dependendo do tamanho dos seios e a estatura da mulher, o peso das mamas pode ser muito danoso para a coluna. “Mama muito grande causa dor e desconforto; as alças do sutiã machucam, principalmente aquelas que passam pelo pescoço”, comenta o cirurgião.

Além disso, a redução dos seios também contribui esteticamente porque alivia a silhueta e a pessoa aparenta ser mais magra.

Mamoplastia redutora

Na rede social, a atriz revelou que optou por se submeter à mamoplastia redutora porque seus seios não estavam proporcionais à sua estrutura e altura e isso pode causar problemas de saúde. “Sou muito pequena, e tenho uma estrutura muito estreita no tronco”, escreveu sobre a imagem publicada.

“Quem passa por isso vai me entender, passa por dores nas costas, na alça do sutiã (…). Então eu decidi fazer, fiquei muito feliz por ter tomado essa decisão, pela minha saúde”, comentou sobre os problemas que o excesso de mama pode causar.

No vídeo publicado pela atriz, ela faz questão de enfatizar que a decisão foi tomada em conjunto com o seu médico. “Aí eu pensei muito antes de decidir, coisa que eu sugiro que todo mundo faça, e também encontrei um médico que já operou várias pessoas que eu conheço, o que é o fundamental quando você toma uma decisão dessas”, alertou.

Quando a cirurgia é necessária?

O ortopedista especializado em patologia e cirurgia da coluna vertebral Fábio Leme de Oliveira Pinto explica que as mulheres devem procurar um ortopedista assim que sentirem dor na região dorsal, já que este é um sinal de alerta importante. “A recomendação é avaliar se o tamanho da mama está influindo na postura da pessoa. Se estiver ocorrendo sobrecarga na região toráxica da coluna vertebral e a pessoa sente um alívio quando corrige a postura, o problema pode ser o tamanho das mamas”, explica o ortopedista.

Raio-x e ressonância são os exames capazes de mostrar como está a postura da pessoa e até mesmo se já está acontecendo uma sobrecarga nas articulações. Caso esteja acontecendo, é indicado um tratamento para melhorar a postura.

“A fisioterapia motora é boa para isso porque controla a dor com procedimentos analgésicos na região dorsal e tem exercícios para a pessoa fortalecer mais a musculatura da parte vertebral. Além disso, atividade física, como pilates e musculação, também é importante para este fortalecimento”, afirma o especialista.

Caso a pessoa não apresente melhora com o tratamento conservador, é indicado que ela faça a cirurgia de redução de mamas.

Mamoplastia redutora com prótese

Algumas mulheres optam por colocar próteses de silicone quando fazem a redução mamária para que o resultado da redução de mama seja prolongado. “As próteses são longevidade no resultado da mamoplastia porque, na grande maioria das técnicas, o colo fica menor após seis meses porque os tecidos vão se assentando, ficando mais complacentes e pode ocorrer uma certa perda de colo”, explica o cirurgião plástico.

Cicatriz

De acordo com Bernacchi, o método mais utilizado é a técnica de Pitanguy. Nela, a cicatriz fica ao redor da aréola e segue para a região inferior do seio em formato de T invertido.

Pós-operatório

O pós-operatório desta cirurgia é semelhante ao do implante de silicone. Nos primeiros 15 dias, as mulheres não devem levantar os braços nem dormir de lado. Além disso, deve ficar pelo menos um mês sem praticar exercícios, levantar peso, pentear e lavar os cabelos.

Preço

O preço da mamoplastia redutora varia entre R$ 15 mil e R$ 25 mil, incluindo as próteses, que custam cerca de R$ 2 mil.

Quem pode fazer

Antes de fazer a cirurgia, é preciso que um médico avalie se a mama já está madura, ou seja, que ela não vai crescer muito mais. “Não quer dizer que a mama vai deixar de crescer depois da cirurgia. Na amamentação, por exemplo, a mama cresce, mas quanto mais cedo a cirurgia é feita, menores as chances da pessoas desenvolver um problema de coluna”, afirma.

Antes de fazer a cirurgia plástica, Bernacchi orienta escolher um cirurgião da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica porque são médicos certificados e preparados para realizar o procedimento.

Vimos em vix

Falando sobre isso

Leave a Reply