Fotos chocantes: Estes são os horrores que acontecem nos hospitais da Venezuela

A Venezuela está enfrentando uma crise política e econômica tão grave que está causando um desastre humanitário e social.

Várias décadas atrás, a Venezuela era o país com o mais alto padrão de vida na América Latina. Agora, a Venezuela está enfrentando uma crise política e econômica tão grave que está causando um desastre humanitário e social. O presidente Nicolas Maduro estendeu na última semana o estado de emergência para dois meses, a fim de “neutralizar a agressão estrangeira”.

Os sistemas mais importantes do Estado já não funcionam mais, incluindo os cuidados de saúde. Crianças recém-nascidas estão morrendo todos os dias, e é apenas uma pequena parte da crise de saúde pública. Hospitais não só não têm mais antibióticos e curas para doenças mortais, mas também não tem eletricidade, alimentos e até mesmo água. Estas fotos foram feitas por Meredith Kohut, do New York Times, em diferentes clínicas e hospitais na Venezuela.

Este homem está a algumas horas à espera de ajuda no pronto-socorro.

Julio sofreu uma lesão grave na cabeça. Ele teve que esperar um ano inteiro para uma operação subsequente, devido à falta de médicos e equipamentos.

Médicos tentam improvisar a falta de equipamentos com objetos como garrafas pet, atuando como recipiente para medicamentos.

Nos hospitais, não há nada para lavar o sangue da mesa de cirurgia e cirurgiões antes do procedimento devem usar luvas compradas por eles mesmos – não há sabonetes ou luvas cirúrgicas em alguns hospitais. Muitas das máquinas e equipamentos para raios-X também estão inoperantes por falta de manutenção.

O departamento de oncologia de uma das clínicas.

Uma mulher com sua filha pequena, que sofre de asma. 

Os pacientes ficam amontoados nos corredores. Os hospitais estão superlotados.

Quando ocorrem as quedas de energia nas cidades, o que não é incomum, os aparelhos de respiração artificial, que também estão inclusos nas maternidades, deixam de funcionar. Médicos tentam ventilar manualmente os pulmões das crianças. Pacientes morrem de infecções no chão porque as camas não são suficientes. Hospitais venezuelanos parecem estar no meio de uma guerra, embora não exista nenhuma no país.

Este é um site de noticias,tratamentos e curiosidades ,ele não substitui um especialista.Consulte sempre seu médico.

Falando sobre isso

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*